Construa sua rede de relacionamentos

Construa sua rede de relacionamentos, por Paulo Araújo Networking significa rede de relacionamentos e anda de mãos dadas com o sucesso nas vendas. As melhores vendas surgem por meio de indicações de colegas e conhecidos, mas muitos só se lembram de acionar seus contatos na hora de buscar uma nova colocação ou naquele último momento para atingir uma meta, o que é um grande erro. O networking eficaz é como uma estrada de mão dupla e deve ser uma relação ganha-ganha. Vamos ver alguns pontos para construir e fazer o uso eficaz da sua rede e, assim, ajudar e ser ajudado.

1. Organize e mantenha atualizado o seu banco de dados ? Os softwares de e-mail com seus catálogos de endereço ajudam muito nesse caso. Sugiro que tenha, no mínimo, os seguintes dados dos contatos: nome completo (coloque em destaque o nome pelo qual a pessoa gosta de ser chamada), empresa e cargo, telefone comercial e celular, e-mail, temas de interesse e data de aniversário (somente dia e mês de nascimento).

2. Foque a qualidade dos contatos ? Procure ter pessoas interessantes e com quem você pode efetivamente contribuir. Mantenha em dia os contatos de amigos de escola e da faculdade. Além de você ter mais intimidade o leque de opções aumenta consideravelmente.

3. Não trate todos os contatos como amigos íntimos ? Muitos de seus contatos podem ser pessoas que você conheceu em reuniões, visitas a clientes ou fornecedores, treinamentos ou ainda em atividades sociais. Não exponha colegas ao ridículo chamando-os por apelidos indesejáveis ou contando situações íntimas. Não crie situações de constrangimento sem necessidade.

4. Lidere sem medo ? Organize encontros, mas lembre-se que é normal algumas pessoas aceitarem ou não o seu convite. Deixe bem claro qual é o seu objetivo em tê-lo como contato e sempre forneça a opção de exclusão do seu banco de dados.

5. Faça bom uso do e-mail e do MSN ? Não perca tempo jogando conversa fora. O envio de mensagens e fotos de mau gosto pode causar sua demissão e ter inclusive complicações jurídicas. Não envie mensagens que nada agregam ao desenvolvimento das pessoas.

6. Mantenha um networking saudável

» Na data do aniversário, envie uma mensagem curta escrita por você. Nada de cartões virtuais.
» Envie artigos de interesse comum a todos os contatos. Temas como vendas, marketing e gestão de carreira são sempre bem-vindos e servem a todos.
» Quando o contato fizer qualquer tipo de solicitação, sempre responda. Mesmo que você não possa ajudar ele perceberá que você se importa.
» Quando houver convites para encontros, almoços ou happy hour, procure participar. Nada substitui o contato humano. Dedique um bom tempo para conversar e conhecer gente nova. Na impossibilidade de participar explique para o organizador o motivo de sua ausência.
» Promova a troca de livros e revistas entre seus contatos. Tanto na hora da entrega quanto na devolução são bons momentos para uma boa conversa.
» Uma excelente opção é dar aulas em faculdades ou trabalhar como facilitador em programas de treinamento. Repassar conhecimentos é uma forma de se tornar uma referência na área de atuação e quem sabe uma futura fonte para jornalistas.
» Outra excelente opção é parar de postergar e fazer aquele curso tão desejado. No mínimo, você vai conhecer gente nova, conviver com pessoas com os mesmos interesses, trocar experiências, conhecer professores e ainda voltar a estudar de uma forma mais sistematizada.

7. Faça um mapa de seus contatos ? Para começar o seu networking já e partir para a ação a primeira coisa a fazer é o seu mapa de contatos. Escreva os nomes das pessoas que podem vir a fazer parte da sua rede. Para facilitar, separe os nomes por local ou situação em que você as conheceu. É importante lembrar que o ideal é colocar os nomes de pessoas com as quais você se sinta à vontade para poder enviar um e-mail, fazer um contato telefônico e convites para futuros encontros e atividades sociais.

Comece agora a criar novas oportunidades de vendas e bons negócios!

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima