Como despertar (e manter) o interesse dos seus clientes

conquistar clientes por telefone

Regra 1

Faça perguntas que despertem o interesse. Continue a fazer perguntas durante todo o período das etapas do processo de vendas. Não pare de perguntar, até que tenha atingido a etapa desejo. Dizem os bons vendedores: “Muita gente tem sido presa por ter feito uma declaração, mas até hoje ninguém foi preso por ter feito perguntas”.

Regra 2

Certifique-se de que a sua etapa de criar interesse é realmente interessante. Será considerada de interesse se o cliente for informado sobre os lucros que lhe trarão seus produtos ou serviços. Por exemplo, se você estiver vendendo seguros, não diga: “Vendo seguros”, mas sim “Posso lhe dar a garantia de uma renda vitalícia”.

Regra 3

Para que o freguês fique interessado no que você está oferecendo ou demonstrando, permita que ele veja, use, dirija, prove, aspire ou seja lá o que for. Quando eu orientava um corpo de vendas de seguros em Maine, costumava dar aos fregueses a amostra de um cheque de dividendos, e lhes dizia: “Gostaria de receber um maço destes, de três em três meses?”

Regra 4

Evite elogios exagerados sobre o seu produto. Já se disse que “o exagero é um ramal da mentira”. O exagero é sempre arriscado e, no início de um argumento de vendas, é quase sempre fatal. Uma vez apanhado no exagero, o vendedor não tem mais defesa e anula-se rapidamente.

Regra 5

Evite usar frases às quais o cliente possa responder “Não” ou “Não estou interessado”. Não diga “Quero lhe mostrar a nossa nova lâmpada XYZ”. Diga “Quero lhe mostrar como poderá reduzir as suas contas de luz”

Regra 6

Seja sempre sincero, mesmo que isso signifique perder um negócio a curto prazo. O importante é manter um bom relacionamento e buscar sempre a satisfação das necessidades dos seus clientes.

Regra 7

Ao fazer a aproximação, mostre ao cliente os prejuízos ou desvantagens que ele terá se não comprar os produtos ou serviços que você estiver oferecendo. Ele deverá sentir-se insatisfeito com sua situação atual e passar a ver você como um solucionador de problemas.

Regra 8

Não pense em si próprio quando iniciar uma venda – pense no seu cliente. Procure apagar da memória a comissão que receberá e lembre-se das vantagens do freguês. O interesse do cliente pelo seu produto morrerá no momento exato em que começar seu interesse pela sua própria pessoa e pela comissão que receberá. Ele lerá isso estampado em seu rosto.

Regra 9

Fale com seu cliente sobre os problemas dele, seus lucros, seu progresso, sua casa, seus negócios, sua saúde, sua família, sua casa, esportes, hobbies, etc. Nesta altura, não existirá a mínima probabilidade dele estar desinteressado em você.

Regra 10

Desperte o interesse relatando uma história – dando um exemplo de como o seu produto beneficiou alguém. Os argumentos de vendas, palestras e histórias curtas tem isto em comum: podem despertar o interesse dos ouvintes logo do início. Você poderia começar dizendo, por exemplo: “Há um homem lá em Minas Gerais que se chama Pedro Manuel. Consegui que ele publicasse uma série de anúncios que redigimos. Aconteceu-lhe um fato estranho e engraçado que vou lhe contar”. É evidente que o seu prospect vai escutar, porque você lhe despertou o interesse com uma história, um exemplo.

Regra 11

Lembre-se sempre da regra de ouro de Dale Carnegie: “Torne-se realmente interessado nas outras pessoas”. Idéias antiquadas!, dirá você. Antigas realmente – e muito mais velhas do que você pensa! Publius Syrus escreveu o seguinte, antes de Cristo: “Nós nos interessamos por aqueles que estão interessados em nós”. Ele poderia dizer: “Nós compramos de quem está interessado por nós”. Antiguidades já usadas há milênios – mas você teria aprendido? Usou esta regra hoje? Vai aplicá-la amanhã? Não anote nunca na ficha de um freguês: “Não interessado”. É melhor que escreva: “Fracassei em despertar-lhe o interesse”.

Texto baseado no livro “As 5 grandes regras do bom vendedor”, de P.H. Whiting, publicado pela IBRASA (Instituição Brasileira de Difusão Cultural). Este livro pode ser adquirido nas melhores livrarias de todo país.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima