Dicas – fevereiro de 2004

Um jovem compositor pediu conselhos a Mozart sobre como desenvolver seu próprio talento criativo. Doce pecado

Quando falamos em açúcar, a imagem que nos vem à cabeça, em geral, é de doces maravilhosos. Mas a realidade pode ser um pouco diferente. O médico-nutrólogo e diretor-presidente da Integralmédica, Euclésio Bragança, afirma que o açúcar refinado forma uma molécula pegajosa que, se ligada a uma proteína, altera a função desta no organismo. Essas alterações causam doenças nos mais diversos órgãos. Além disso, provoca alterações no sangue fazendo com que haja um estímulo na produção de radicais livres, que, comprovadamente, levam ao envelhecimento precoce. A solução seria a substituição por outros tipos que não tragam tantos prejuízos à saúde, como o açúcar mascavo ou a frutose.

Feliz por decreto

O imperador romano Marco Aurélio já tinha sua opinião formada sobre ser infeliz: é você quem governa. Veja em suas palavras: ?Se você está infeliz por causa de alguma coisa exterior, a dor não se deve à coisa em si mesma, mas à avaliação que você faz dela. E, assim, você tem o poder de revogá-la a qualquer momento?.

Borboletas

Muitas vezes, passamos um longo tempo de nossas vidas correndo atrás de algo que desejamos, seja um amor, um emprego, uma amizade ou uma casa. Se isso está acontecendo com você, reflita sobre o seguinte: não corra atrás das borboletas. Tudo acontece no seu devido tempo. Se passarmos todo o tempo desejando as borboletas e reclamando porque elas não se aproximam da gente, elas realmente não virão. Mas, se nos dedicarmos a cuidar do nosso jardim, a transformar o nosso espaço (a nossa vida) num ambiente agradável, perfumado e bonito, isso será inevitável.

Adaptado de texto circulando na Internet. Autor desconhecido.

Talento

Um jovem compositor pediu conselhos a Mozart sobre como desenvolver seu próprio talento criativo. ?Comece compondo peças pequenas?, disse Mozart, ?como canções, por exemplo?. ?Mas você compunha sinfonias quando ainda era criança!?, exclamou o jovem músico. ?Ah!?, respondeu Mozart, ?mas eu também não tinha que ficar perguntando o que devia fazer para tornar-me um compositor?.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima