Dinheiro não é tudo – abril de 2006

“Treinamento em vendas, ótimas estratégias de marketing e uma boa campanha publicitária são excelentes meios de chamar a atenção e podem persuadir pessoas a se tornarem suas clientes. Mas manter esses clientes por um período de tempo, depende de quão bem você recompensa e incentiva sua equipe de vendas” Michael LeBouef

Desenvolvimento pessoal

· Uma empresa norte-americana aluga, uma vez por ano, o maior teatro da cidade para que os funcionários possam mostrar seu talento.

· Uma empresa petrolífera no Texas, EUA, dá 700 dólares de bônus anual aos empregados que se exercitam três vezes por semana, não fumam e não faltam ao trabalho devido a doença. Desde que o programa começou, a empresa cortou seus gastos com planos de saúde em 25%.

Mão na massa

Todo ano, perto do Natal, executivos da indústria Remington tiram um fim de semana para embalar uma pequena cesta de Natal para todos os funcionários. O benefício maior não é a comida de festa, é integrar toda a empresa e a demonstração de respeito da alta diretoria pelos funcionários.

Os parques da Disney fazem algo semelhante, abrindo uma noite por ano exclusivamente para os funcionários e suas famílias. Todos os brinquedos são operados pelos executivos da empresa, devidamente fantasiados. Além de todos se divertirem, é uma oportunidade para que os empregados vejam seu local de trabalho com os olhos do cliente.

Novidade

Na hora de escolher o prêmio de sua campanha de incentivos, lembre-se de que as pessoas, em geral, preferem receber o que há de mais novo ou na moda no mercado. Assim, câmeras digitais e iPods são ótimas pedidas. E videocassete, ninguém mais usa.

Auto-incentivo

Dicas para incentivar e acelerar o andamento de um projeto desenvolvido por uma equipe:

· Dê à equipe autoridade para tomar as decisões e agir sobre elas. Depender da assinatura de um superior para tudo não apenas atrasa o andamento do trabalho, mas desestimula a criação de novas idéias. Ninguém vai querer tentar algo novo ou assumir uma responsabilidade, se isso significa parar tudo e consultar o superior.

· Permita que as equipes assumam e lidem com os riscos. Estabeleça um patamar financeiro máximo. Abaixo disso, vale tentar e arriscar tudo.

· Permita que a equipe controle o orçamento.

· Reconheça as fases e sucessos intermediários. Não deixe todas as recompensas e elogios para o final. Mostre que reconhece o que eles fazem a cada momento.

· Permita que a equipe escolha a recompensa desejada.

Mais iguais que os outros?

Sempre defendemos isenção e justiça na hora de tratar com sua equipe. Não pode haver puxação de sardinhas para esse ou aquele funcionário nem antipatias gratuitas. Entretanto, isso complica quando você tem de lidar com amigos de infância, sempre prontos a jogar na sua cara tudo o que fizeram por você, desde aquela cola na prova de matemática da sexta série até o convite para ser padrinho do filho. Foque nos objetivos, nos processos, nos resultados das vendas. Isole o fator pessoal e concentre-se no fato em si, ?isso não deu muito certo esse mês, como podemos criar um resultado melhor nas prospecções do mês que vem??. Agindo dessa maneira, você mostrará ao resto da equipe que não há proteções e seu amigo não ficará ofendido.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima