Eu quero, eu posso!

Se um cliente disser ?não? para você, retribua com uma pergunta aberta, querendo saber do motivo que o está levando a isso, mas jamais aceite a derrota. Existe um ditado que diz que um rei colocou um tesouro debaixo de uma pedra, no meio de uma via. Todos que por lá passavam, além de estranhar o objeto, davam a volta ou a contornavam, seguindo caminho. Um dia, alguém pensou que a pedra poderia atrapalhar o caminho de outras pessoas e a removeu. Ao fazer esse gesto de caridade, encontrou o tesouro.

Será que essas pedras não são colocadas em nosso caminho propositalmente? Meu amigo Tom Coelho, ao saber de uma situação em que eu me encontrava, mandou uma frase de Fernando Pessoa, a qual adotei como rodapé de meus e-mails: ?Pedras no caminho? Eu as guardo e, um dia, construirei um castelo com elas?.

Nós ? os vendedores ? encontramos, todos, os dias uma pedreira em nossa jornada. Muitos não conseguem se aproveitar dessas pedras e param ao primeiro ?não?; outros, sabiamente, as usam para chegar mais perto de seus desejos e ambições, pois não se deixam parar nem derrotar por obstáculos, que apesar de pedras, muitas vezes são colocados em nossos caminhos por nós mesmos, através de ações malfeitas ou de planejamentos inadequados.

Por diversas vezes, ex-clientes me pedem ajuda, e jamais deixei de fazer, mesmo sem ganhar, afinal, é o conjunto de ações que determinará o crescimento e a permanência de um produto e de uma empresa e, mesmo que não seja reconhecido, eu fiz a minha parte.

Eu quero, tenho desejos, mas meus sentimentos, como pessoa e vendedor, nem sempre prevalecem, porém não devo transmitir aos clientes o meu momento, minha tristeza, pois eles são o pilar da minha existência como profissional; caso o faça, eu posso criar uma corrente negativa que levará na diminuição das compras e isso não quero. Se um cliente disser ?não? para você, retribua com uma pergunta aberta, querendo saber do motivo que o está levando a isso, mas jamais aceite a derrota, passando ao lado da pedra, pois debaixo dela, há um tesouro e esse somente você pode querer, tal qual eu posso.

Como é o nome dele? Sucesso.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima