Faça o que gosta… os outros apreciarão

Faça o que gosta… os outros apreciarão O que você entende por sucesso? Tente ser objetivo. Agora pense: você passou a vida inteira percebendo mais a música ao seu redor do que qualquer outra coisa. Imitava Elvis Presley com o auxílio de uma vassoura, encontrava algumas panelas da sua mãe dando sopa e logo estava tocando bateria. Sua brincadeira preferida era tocar instrumentos e cantar. Aos 14 anos, você montou sua primeira banda. Tudo era uma grande brincadeira e você achava que o melhor lugar do mundo podia ser qualquer um, desde que você estivesse fazendo algo que gostasse.

Infelizmente, nem todos concordavam com você. Seus pais, preocupados, queriam que se tornasse uma pessoa séria. O tempo passou, você cresceu, e teve que ceder um pouco. Começou a dar aulas de inglês para não depender tanto do dinheiro da sua família. Entrou na universidade, cursou psicologia, especializou-se no exterior e voltou. Um pouco por gosto e um pouco por precisar provar certas coisas a certas pessoas.

Sucesso não existe – Segundo a concepção geral, ser músico e ser trabalhador eram coisas distintas e ninguém poderia sobreviver tendo banda de garagem. ?Sucesso não existe?, reconhece Zé Rodrigo, líder da Soulution Orchestra, hoje. ?Você tem que trabalhar muito e nunca pensar que chegou em algum lugar. Não pode ter preguiça nem desistir fácil das coisas. Persistência é a palavra?.

Zé Rodrigo conta que a Soulution, como vários outros grupos musicais, começou como uma brincadeira, sem que seus integrantes tivessem o menor comprometimento com o resultado, apenas com o prazer. ?Hoje faria tudo diferente. O ideal é sempre começar um negócio com todos os detalhes acertados?, acredita. A banda da qual Zé Rodrigo faz parte atinge um segmento de público, é diferente dos trabalhos realizados para serem comprados pela grande massa. Os componentes tocam jazz e blues americanos dos anos 50. ?Apostamos no foco. A gente escolheu um público determinado desde o começo. Assim você canaliza energia para os melhores resultados?.

Reconhecimento – Após anos em meio a shows em churrascarias, festas fechadas e aberturas de musicais de pessoas mais famosas, como BB King, a Soulution conseguiu espaço em programas de televisão e fez uma apresentação no teatro Guaíra, de Curitiba. Para Zé Rodrigo, esse retorno é resultado de muito trabalho, mas não o auge. ?O artista é um eterno dependente, depende da mídia, depende dos contratantes, depende do público?, entende ele. ?Você na realidade nunca percebe o alcance do seu trabalho?.

Mas uma certeza ele já possui. ?É muito bom ter gente do Brasil inteiro prestigiando o seu esforço?. Talvez, isso seja sucesso.

Frases ?Você tem que trabalhar muito e nunca pensar que chegou em algum lugar? ?Hoje faria tudo diferente?

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima