Geradores de conflito

Exercício para conviver melhor Onde duas ou três pessoas convivem, há um conflito em vista. No entanto, é possível lidar com divergências de forma construtiva a fim de minimizar seu impacto na convivência diária ou, até mesmo, tirar proveito das diferenças para atingir a excelência.

Objetivo ? Propiciar a discussão de comportamentos e atitudes que geram conflitos nos relacionamentos profissionais e a forma de minimizar suas consequências a partir da percepção dos problemas que causam ao grupo e indivíduos.
Recursos ? Envelopes pequenos, tiras de papel, quadro branco ou flip chart, papéis e canetas para anotações.
Número de participantes ? De 4 a 25.
Tempo estimado ? 90 minutos.

Preparação
» O facilitador deverá preparar previamente envelopes que terão no seu interior uma tira de papel contendo um tipo de atitude ou comportamento gerador de conflitos no ambiente de trabalho, como: ?Fala sem medir as palavras?, ?Quer resolver tudo sozinho?, ?Não gosta de trabalhar em equipe?, ?Não usa a gentileza nos relacionamentos?, etc.

» Como esta é uma dinâmica de reflexão, o orientador deverá escrever nas papeletas do envelope as situações que sejam importantes para a discussão.

Introdução ? 30 minutos
» Distribuir aleatoriamente os envelopes para os participantes e pedir que leiam o conteúdo sem mostrar ao restante do grupo e guardarem após a leitura.

» O facilitador informará que todos estarão participando de uma entrevista de recrutamento e seleção. Cada participante é um candidato e apresentará oralmente seu currículo profissional como um personagem fictício e, ao falar de suas características pessoais, deverá relatar, de forma velada, o comportamento contido no seu envelope como se fosse seu. Isso não poderá ser feito de forma explícita. Cada apresentação terá o tempo máximo de 2 a 3 minutos, conforme o número de participantes. Se o grupo for muito grande, o orientador escolherá apenas alguns voluntários.

» Enquanto as apresentações dos candidatos acontecem, os demais participantes deverão anotar suas percepções como avaliadores.

Desenvolvimento ? 50 minutos
» Após o término das apresentações, o facilitador deverá anotar no quadro o nome dos candidatos e o grupo todo fará a avaliação de cada um. Em seguida, ele escreverá os pontos levantados e conduzirá a conversa para discutir como os comportamentos apresentados pelos participantes poderão impactar a equipe, se podem ou não ser geradores de conflitos e como esses problemas deverão ser tratados pelo grupo.

Conclusão ? 10 minutos
» O orientador deverá fazer com a equipe uma reflexão sobre os comportamentos geradores de conflito apresentados na dinâmica, sem mencionar nomes ou fatos que exponham de maneira negativa os participantes, solicitando também que façam um breve feedback sobre a técnica, como se sentiram, etc.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima