Gerente de Vendas – GV n. 71

10 Coisas + 1 Que Todo Gerente De Vendas Deve Ter

“Você precisa gerenciar sua equipe como se precisasse mais dela do que ela de você.” Peter Drucker

 

Se você é, atualmente, gerente comercial ou de vendas ou um vendedor que deseja ser gerente e liderar uma equipe, onde é que você consegue o treinamento e as informações necessárias para aprimorar-se?

 

Se você é como a imensa maioria dos gerentes, provavelmente conseguiu seu cargo por ter sido bem-sucedido anteriormente, por ter empatia, boa comunicação e visão mais estratégica. Ou seja, alguém decidiu que, naquele momento, você era a pessoa mais adequada para assumir aquele cargo.

 

No começo da década de 70, Peter Laurence escreveu The Peter Principle, onde demonstrava que as pessoas são promovidas até atingirem seu limite de competência. Vemos isso quando um(a) excelente vendedor(a) é promovido(a) e vira um desastre de gerente.

 

Mas, mesmo assim, a maioria dos gerentes nunca teve treinamento formal em como gerenciar uma equipe ou na parte mais estratégica. Assim, temos de recorrer à leitura, mentores, cursos rápidos e ao velho bom senso. Mas infelizmente, isso não é mais suficiente.

 

Hoje em dia, para você ser um bom gerente de vendas, você precisa de habilidades muito desenvolvidas em várias áreas – a inteligência emocional, a visão macrosistêmica do negócio, a postura estratégica… enfim, uma gama de habilidades que o ajudam a navegar com mais segurança no mar agitado da concorrência atual.

 

Baseado nas suas experiências como vendedor, gerente e mais tarde consultor, o especialista Paul DiModica fez uma lista de 10 coisas que todo bom gerente de vendas precisa ter. Vamos a elas:

 

  1. Para ter sucesso como gerente de vendas, você precisa de um egogrande, mas flexível. Você será testado e questionado todos os dias pela sua equipe, pelos seus chefes e pelos seus clientes. Logo, você precisa ser forte o suficiente para ser criticado por todos e ainda assim ter a firmeza de defender seus pontos de vista com convicção quando tiver certeza das decisões que tomou.

 

  1. Você precisa saber e entender previsões de venda. A única forma de se aprimorar constantemente é quando você traça uma meta, faz planos passo a passo para atingí-la e depois compara o realizado com o planejado. Assim, você pode notar o que funciona, o que não funciona e melhorar constantemente seus resultados.

 

  1. Você precisa entender as variáveis que influenciam os resultados de seus vendedores, saber o porquê eles atingem suas metas ou não (e como são calculadas). Ou seja, quais são as habilidades que um bom vendedor na sua equipe deve ter? Elas estão sendo desenvolvidas? Quais são os comportamentos e atitudes que um bom vendedor, na sua equipe, deve ter? Elas estão sendo estimuladas? Outra coisa: as metas dos seus vendedores são realistas e estimulantes?

 

  1. Você deve gostar de relatórios. Eles são necessários – aliás, fundamentais! – para que um gerente de vendas entenda o que está acontecendo, o que precisa ser melhorado, quem precisa de ajuda. A vida de um gerente de vendas gira em torno de dois tipos de relatórios: os que falam do passado (mostrando o que foi feito) e os que falam do futuro (mostrando o que será feito). Comparar os dois e fazer os ajustes necessários é um dos segredos do sucesso de um bom gerente de vendas.

 

  1. Você deve ter senso de humor. Vida de gerente de vendas é cheia de altos e baixos. Um dia você é um gênio e herói, no outro é um incompetente. Ter a capacidade de rir e relaxar nos momentos de maior tensão vai fazer com que você sobreviva aos momentos mais difíceis sem morrer de infarto ou perder os cabelos.

 

  1. Você precisa entender de marketing. Um bom gerente de vendas acaba influenciando diretamente o marketing de uma empresa – afinal de contas, as duas coisas têm de estar intimamente ligadas. Campanhas publicitárias, folders, panfletos, spots de rádio, embalagens… enfim, tudo deve estar integrado com o setor de vendas da empresa.

 

  1. Você deve respeitar o cliente. A quantidade de vendedores que usa termos pouco construtivos para descrever seus clientes mais exigentes é absurda. Além disso, vemos também todos os dias empresas criando promoções para atrair novos clientes, oferecendo condições melhores para compra do que para os clientes atuais. Isso é um desrespeito óbvio e, por maiores que sejam as pressões, um bom gerente deveria fazer o máximo possível para fidelizar e respeitar sua carteira atual de clientes.

 

  1. Você deve ter alta capacidade de adaptação. O mundo de um gerente comercial muda a toda hora, com ataques da concorrência, clientes exigentes, pressões por resultados. Você precisa entender que, embora exista um planejamento, muitas vezes ele vai ter de ser refeito e repensado. Um gerente que traça um plano e depois não consegue se adaptar vai estar sempre estressado, estressar a equipe e no processo conseguir resultados bem abaixo do seu potencial. Por isso é tão importante conseguir adaptar-se rapidamente a novas situações.

 

  1. Você precisa do apoio da sua equipe. Ao contrário do que pensa muita gente, o gerente de vendas não precisa (muitas vezes nem deve) ser o melhor vendedor da equipe. Mas ele(ela) precisa do respeito da equipe – um gerente sem credibilidade é uma das maiores forças desmotivadoras que pode existir na vida de um vendedor.

 

  1. Você deve se preocupar com seus vendedores. Sim, de vez em quando eles podem irritar você e fazer com que sua pressão aumente, podem causar dores de cabeça, podem ser as pessoas mais irritantes da sua vida. Por outro lado, são também sua maior fonte de alegria – e como é através da sua equipe que um bom gerente consegue seus resultados, é com eles que deve se preocupar. Vendedores e vendedoras também têm esposas, maridos, filhos, pais, contas para pagar, etc. Trate-os como você gostaria de ser tratado. Se você já foi vendedor, fica ainda mais fácil: trate-os como você gostaria de ter sido tratado quando era vendedor.

 

 

Para terminar, um comentário pessoal: um gerente de vendas tem a capacidade absoluta de moldar sua equipe e deve ter muito cuidado com isso. Gerentes durões acabam com equipes “duronas”; gerentes técnicos acabam com equipes técnicas, etc.

 

É fundamental que um gerente tenha uma mistura de pessoas na equipe, refletindo a diversidade da carteira de clientes. Uma equipe mais heterogênea também faz com que a troca de experiências e os diferentes pontos de vista estimulem a criatividade e a inovação.

 

Logo, bons gerentes buscam vendedores com algumas habilidades e atitudes específicas, mas que podem perfeitamente estar em profissionais de todas as idades, raças, etc.

 

 

 

Uma ótima semana de muitas venda$!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima