Gessé da Conceição – Na melodia das vendas, a alegria é o principal som para vender mais

Alegria e criatividade fazem de Gessé da Conceição o vendedor de picolé mais conhecido de Santa Inês, no Maranhão. Ele conseguiu o que a maioria dos profissionais de vendas sonham: vender mais do que a concorrência e ter clientes fiéis.

De família pobre, Gessé estudou pouco e começou a trabalhar cedo, aos doze anos já era ambulante. A alegria sempre foi sua marca registrada, mas, recentemente, ele teve uma idéia que mudou sua vida. Todos os dias, ele percorre, em média, 25 quilômetros pelas ruas de Santa Inês e, enquanto caminha, faz rimas e versos. São frases divertidas sobre o sabor do picolé, o charme do vendedor e o dia-a-dia das pessoas, tudo feito de improviso. Assim, o vendedor não passa despercebido e atrai a clientela. ?Antes das rimas, eu vendia, mais ou menos, 80 picolés por dia, agora, vendo mais de 150?, conta.

E não foram só as vendas que aumentaram, a popularidade também. ?Todo mundo me conhece e muitas pessoas só compram comigo, mesmo que outro vendedor ofereça, eles não compram.? Gessé explica que o segredo para conseguir essa fidelidade é saber conversar com os clientes e vender brincando. Mas o sucesso tem despertado a curiosidade dos concorrentes e ele já tem a resposta na ponta da língua. ?Quando os outros vendedores me procuram para saber o que faço para vender mais que eles, respondo que vendo com alegria.?

As rimas e versos do Gessé ficaram tão famosas que foram transformadas em músicas por três DJs. O dance do picolezeiro virou sucesso nas rádios e danceterias de Santa Inês. As letras ficaram conhecidas pelos moradores, e Gessé se tornou uma das pessoas mais populares da cidade. Mas, para ele, o melhor mesmo são os resultados das vendas. ?O importante é que estou vendendo mais e quero continuar, porque eu sempre quis ser vendedor.?

Agradecimento especial: Valdélia Reis, jornalista da TV Mirante, em Santa Inês.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima