Identifique os melhores nichos de mercado

Dez critérios para identificar os nichos que valem a pena Existem dezenas de maneiras de se identificar um segmento de mercado. Gerentes e diretores de marketing, em geral, usam apenas segmentação demográfica: por atitude, comportamento, grandes usuários/usuários eventuais. Entretanto, acreditamos que é necessário olhar para outras formas, usando qualquer elemento que o ajude a dividir os segmentos. De produto que as pessoas preferem até a mídia a que são mais expostas, o que você julgar relevante para o seu negócio. Usando esses fatores, você pode identificar segmentos e nichos que seus concorrentes nem sonham que existem. Depois, é só ranquear esses segmentos de acordo com a lucratividade esperada.

Aqui estão os dez critérios que acreditamos ser os mais úteis para identificar os nichos que valem a pena:

1. Poder de decisão ? Quanto mais poder de tomar uma decisão de compra o prospect típico de um nicho de mercado tiver, mais valioso será esse nicho. Assim, analisando apenas por esse aspecto, vale mais a pena se organizar para vender caros brinquedos eletrônicos aos pais do que às crianças.

2. Potencial de vendas ? Quanto mais o prospect típico usa de uma categoria de produto, mais valioso ele se torna.

3. Potencial de crescimento ? Quanto mais o grupo estudado estiver crescendo, mais valioso ele se tornará.

4. Valor vitalício ? Um grupo cujo prospect típico tem chances de ser usuário de nosso serviço ou produto por muitos anos é mais valioso do que um grupo de pessoas que podem comprar ?uma vez ou outra?.

5. Potencial de retenção ? Quanto mais for provável que os prospects daquele grupo sejam facilmente fidelizados, maior é seu valor.

6. Motivações comuns ? Dê preferência para segmentos cujos integrantes têm mais coisas em comum. Será mais fácil vender para eles.

7. Problemas em potencial ? Quanto mais e maiores problemas um grupo de prospects tiver que possam ser resolvidos com seu produto ou serviço, mais valioso é o grupo.

8. Resposta ? O quanto aquele grupo de possíveis clientes está disposto a interagir com você. Por exemplo: executivos ocupados têm menos tempo disponível que adolescentes para responder pesquisas e similares.

9. Padrões de uso de mídia ? Prefira grupos que têm padrões fixos de acesso a mídia (por exemplo, assinantes de jornal). Se a mídia que eles acessam for barata para você investir, melhor ainda.

10. Capacidade de localização ? Quanto mais fácil o possível prospect for encontrado, melhor.

À primeira vista são alguns conselhos óbvios para segmentar o mercado, mas é impressionante a quantidade de profissionais de marketing e empresários que prefere apenas seguir o concorrente, ou pior, se enganar e afirmar que vende ?para todo mundo?.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima