Incentivo à leitura

Catadora de papel monta uma biblioteca Nome: Vanilda de Jesus Pereira
Formação: Ensino Fundamental
Profissão: Acompanhante de idosos e coordenadora da Biblioteca Comunitária Graça Rios
Missão pessoal: ?Poder ajudar ainda mais quem precisa?

Ajudar o próximo e acreditar que as coisas podem mudar não é uma tarefa tão complicada, mas depende de duas coisas: força de vontade e determinação.

Quem garante é Vanilda de Jesus Pereira, ex-catadora de papel de Belo Horizonte, MG, que, com a esperança de mudar a vida das crianças locais, montou uma biblioteca com mais de 22 mil livros na cidade mineira.

Das dificuldades ao sonho ? Vanilda, filha de pais analfabetos e com pouca condição financeira, estudou até a sexta série do ensino fundamental. Na adolescência, trabalhou como babá e, nas folgas, aproveitava para ler. Nos momentos difíceis da vida, Vanilda foi catar papel para ajudar na renda da família, mas isso não era problema, pois como já dizia o velho ditado: ?Há males que vêm para o bem?. E foi assim que ela viu seu destino mudar: sempre que achava livros bons jogados nos lixos, levava-os para casa e guardava em uma caixa embaixo da cama.

Com o tempo, foi obrigada a mudar de casa, pois tinha acumulado muitos materiais. ?Nada foi planejado. Aos poucos, as pessoas foram chegando com doações ou se oferecendo para ajudar. E, quando menos esperava, já tinha uma biblioteca?, explica. Ela buscou ajuda de outras pessoas para conseguir uma residência maior e realizar um sonho: a construção da Biblioteca Comunitária Graça Rios. Hoje, o local funciona das 8h às 19h e recebe aproximadamente 20 crianças por dia.

A vontade de ajudar o próximo e o amor pela leitura fez de um pequeno ato uma grande ação. Atualmente, a biblioteca é ponto de referência para a comunidade e possui 80 voluntários, entre eles, médicos, professores, empresários e costureiras. ?Não tem preço que pague a felicidade que eu sinto em fazer essas ações. Agradeço sempre pela oportunidade de poder dar carinho, educação e amor a essas pessoas?, finaliza e emociona-se a voluntária.

Tel.: (31) 3498-1547
E-mail: [email protected]

Colaboração: Cristiane Dias

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima