Marketing social, merchandising, negócios e responsabilidade social

Marketing social, merchandising, negócios e responsabilidade social GRANDES NÚMEROS

» 120,4 mil é o número de milionários brasileiros.

Fonte: Valor Econômico ? estudo realizado por Merrill Lynch e pela consultoria Capgemini » 107 milhões de celulares foi o número de aparelhos registrados em julho. Fonte: Anatel

» 50 bilhões de reais é o mercado consumidor anual do público infanto-juvenil de 4 a 11 anos.

Fonte: Meio & Mensagem


FRASES

Há três coisas que nunca voltam atrás: a palavra proferida, a flecha desferida e a oportunidade perdida? [Provérbio chinês]

As oportunidades são como as alvoradas: se a gente espera muito, as perde” (William Arthur Ward, escritor norte-americano)

?O fracasso é uma oportunidade para começar algo novo, de forma mais inteligente? (Henry Ford)


Outdoor de Energia Solar
Responsabilidade Social

Será que se os outdoors em São Paulo oferecessem algum tipo de benefício à sociedade, eles seriam permitidos pelo sr. prefeito?

Em Hyde Park, na África do Sul, o Banco Nedbank encontrou uma maneira de tornar a poluição visual útil à comunidade local. Com captadores de energia acoplados, um outdoor foi instalado em uma das áreas mais pobres do país, fornecendo eletricidade para uma escola vizinha. O texto da peça diz: ?E se um banco desse realmente energia para as pessoas?? É a mensagem da marca potencializada pela verdadeira ação de responsabilidade social.


Osram ?Pink Life?
Marketing Social

A Osram, fabricante de lâmpadas, realizou no México uma grande ação de marketing social para alertar as mulheres sobre o câncer de colo de útero. A ação envolveu até a criação de um novo produto: uma lâmpada rosa, ?pink life?, de 60 watts de potência, que terá parte de suas vendas revertida para a compra de equipamentos do Instituto Nacional de Câncer do México. Muitos edifícios comerciais e residênciais aderiram ao movimento decorando suas fachadas e criando o ?efeito rosa? em diversos pontos do país, e ganharam a publicação de suas fotos no site da empresa.


Grande nem sempre é melhor
Alimentos e Bebidas

Na contramão da famosa tendência de grandes porções americanas, em Chicago, o Restaurante Minnies surgiu com o conceito de apresentar uma variedade de pequenos ?bocados? de sanduíches e hamburgers gourmet. Dessa forma, os clientes podem provar diversos tipos de aperitivos e degustar porções da nova cozinha para o jantar. Além de manter a forma, é claro!
Visite o site: www.minnies.com


Empreendedorismo infantil
Negócios

O Banco americano Umpqua criou uma campanha intitulada Lemonaire para incentivar os empreendedores mirins (com menos de 13 anos) a iniciarem seu primeiro negócio: uma barraca de limonada. Depois de preencher um formulário, as crianças podem retirar gratuitamente um kit limonada com copos, guardanapos, um adesivo, uma toalha, um guia sobre o negócio e dez dólares de capital inicial. O objetivo da ação, além do aspecto do marketing é despertar as pessoas para novos pequenos negócios.
Visite o site: www.lemonaire.com


Hotel compacto
Turismo e Viagens

Inspirado no conceito japonês de hotéis-cápsulas mesclados com a primeira classe de longos vôos, a Yotel inaugurou no aeroporto de Londres com 46 cabines. O objetivo é criar pequenos quartos luxuosos com internet sem fio e TV de tela plana por preços acessíveis. Os quartos podem ser alugados por diárias ou por hora. No Brasil, seria muito útil nos últimos meses de caos aéreo.
Visite o site: www.yotel.com


Doces brindes
Merchandising

O segmento de brindes corporativos e festas ganhou uma doce novidade com a chegada da Chocoprint, empresa especializada em chocolates com impressão fotográfica de alta resolução. Franquia trazida dos Estados Unidos, que está presente em oito países e agora no Brasil. O chocolate é 100% ao leite e os corantes comestíveis.
Visite o site: www.chocoprint.com.br


O tempero secreto das marcas
Por André Brik

Em um programa de TV chamado ?Hells Kitchen?. O mal-humorado chef inglês Gordon Ramsey visita restaurantes à beira da falência, prestando consultoria a suas cozinhas. O que Gordon costuma sugerir é que em primeiro lugar o restaurante diminua o número de pratos do cardápio (ou mix de produtos). Em segundo, que redescubra sua identidade e foque no que é o seu forte, trabalhando seu atendimento, o ambiente de trabalho (visualizando os clientes externos e internos) e no entrosamento da cozinha com o salão (ou do setor de produção com vendas e marketing). Seja criativo, ofereça um cafezinho passado na hora e aproveite suas gordas gorjetas.

André Brik é designer e publicitário.
Visite o site: www.brik.com.br.
E-mail:

Rolar para cima