Matriz 2 x 2

Saiba tudo sobre a Matriz 2×2 e utilize-a para vender mais. Preencha o campo abaixo e receba agora mesmo a matéria em seu e-mail. Uma ferramenta multiuso

Os candidatos para a vaga de gerente-comercial daquela empresa em Pouso Alegre, MG, levaram um susto. O que era para ser um processo seletivo comum se transformou em uma triagem de respeito quando o recrutador pediu para eles apresentarem um projeto estratégico que pudesse, de fato, ser aplicado na instituição caso fossem contratados.

Um dos candidatos não perdeu a pose diante do desafio. Juliana de Souza sugeriu à empresa que avaliasse e monitorasse o rendimento dos funcionários através de uma matriz 2 x 2. De tão simples, a idéia agradou. ?A receptividade foi muito boa. Não sei dizer se eu ganharia o cargo, mas as condições eram extremamente favoráveis?, conta Juliana, que abandonou o processo seletivo após receber uma proposta de emprego mais alinhada aos seus objetivos profissionais.

Em Porto Alegre, RS, o gerente de uma loja de ferragens, Oscar Schild, também utiliza a ferramenta para avaliar seus funcionários. ?Eu sempre procurei novas formas de administrar os vendedores que estão sob meu cuidado, já que muitas vezes erramos ao contratá-los ou não percebemos alguns dos seus valores. A matriz 2 x 2 é fundamental para monitorar o rendimento dos colaboradores e saber quando motivá-los e treiná-los?, explica.

Construindo uma matriz 2 x 2

Vamos aproveitar o exemplo da Juliana e construir uma matriz para avaliar o rendimento de um determinado funcionário. Mas lembre-se do título da matéria. A matriz 2 x 2 pode ajudar você em outras situações, além de medir a motivação e a competência de alguém.

Trace uma linha horizontal e outra vertical de modo que elas formem uma cruz.

No topo da linha vertical, escreva alta motivação e na base baixa motivação.

No lado esquerdo da linha horizontal, escreva incompetente e no outro competente.

Como usar a matriz ? Quem explica é a Juliana: ?Como exemplo, posso citar uma vendedora que é altamente competente e ainda se sente motivada em continuar na empresa onde trabalha?.

Avaliando de maneira geral, ela está no quadrante superior direito, logo, ela merece novos desafios. Tudo para que a chama da sua motivação permaneça acesa e ela se sinta valorizada?.

Oscar concorda com Juliana ao afirmar que desafios são essenciais para o crescimento pessoal e profissional dos funcionários. ?Devemos criar desafios para serem cumpridos e bem remunerados, assim conseguimos mantê-los motivados?, conclui.

Agora, se durante a avaliação o colaborador se encaixar no quadrante inferior esquerdo, a solução é demiti-lo. Caso o funcionário ocupe o quadrante superior esquerdo, ele deve ser treinado. Por último, se o profissional se encontra no quadrante inferior direito, é vital que receba novos incentivos para aumentar sua motivação.

Ferramenta Bombril ? A matriz 2 x 2 não chega a ter mil e uma utilidades como a esponja de aço, mas sua capacidade de orientar as pessoas nas mais diversas situações é inegável. Se Juliana não tivesse usado o recurso que sugeriu no processo seletivo ? com outros fatores/elementos ?, ela poderia trabalhar naquela empresa até hoje. ?Utilizei a matriz na decisão de buscar outro emprego. Ela ampliou minha visão em um momento crucial da minha vida?, relata.

Com Oscar não foi diferente. Um pouco antes de conhecer a ferramenta, ele estava desmotivado, tornando-se um empecilho para a empresa onde trabalhava. ?Como eu era a ponta mais fraca, logo seria descartado. Quando conheci a matriz 2 x 2, achei que ela poderia me ajudar. Revi meus conceitos, mudei o foco, terminei a faculdade, passei a dar mais valor às qualidades que aos defeitos e hoje estou melhor, pessoal e profissionalmente?, afirma o gerente, que finaliza: ?Apesar de a matriz 2 x 2 ser aparentemente simples, a característica que mais me saltou aos olhos foi o fato de que algumas decisões são realmente simples e a utilização dessa ferramenta leva a uma análise objetiva e muito clara do que se propõe?.

Depois de utilizar a matriz 2 x 2, Juliana de Souza trabalha como vendedora de automóveis na Concessionária Fiat Via Mondo em Pouso Alegre, MG.
Email: [email protected]

Oscar Schild é vendedor por natureza. Graduado em Tecnologia do Empreendimento, é gerente regional de vendas da Ferragens Negrão no Rio Grande do Sul.
E-mail: [email protected]

VM Plus
Acesse o portal VendaMais e confira o artigo de Oscar Schild sobre a matriz 2 x 2.

Colaborou nesta matéria: Mateus Redivo

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima