O call center e a propaganda de mãos dadas

Aproveitar o departamento de telemarketing para fazer uma propaganda do que se vende pode ser um diferencial de sua empresa. Gostaria de abordar a questão do call center como canal de comunicação com o consumidor, na função de atendimento e relacionamento com o cliente.

Estamos falando da função push da propaganda no sentido de que ela sempre é ativa em relação ao consumidor. Ou seja, ela sempre vai ao encontro do mercado para vender, posicionar ou criar um ambiente favorável à marca anunciada.

Nas campanhas de venda, o call center também exerce a função push sendo um excelente complemento às campanhas publicitárias, além de importante gerador de feedback.

Nas campanhas receptivas, o call center ? nessa função também designado contact center ? faz o atendimento e o relacionamento com os clientes através do telefone, da internet, da mala-direta, SMS (short message service) e outros.

A função pull é quando o call center faz o papel do receptor do efeito da propaganda junto ao mercado, facilitando a acessibilidade do consumidor em suas necessidades de relacionamento com a marca anunciada.

Nesse momento é que destacamos a importância da correlação da propaganda com o call center, ambos participando do processo e obtendo maior sinergia e motivação do agente de atendimento, qualificando-o como peça importante no marketing da empresa.

Nosso propósito é abordar a propaganda e o call center com objetivos comerciais, sendo essa situação o dia-a-dia dos negócios de uma marca.

Anunciar e atender clientes

É inevitável que as campanhas de propaganda acabem gerando maior tráfego de clientes pelo call center: mais vendas, mais consumo, mais interação do cliente com a marca.

Quando o call center está envolvido em alguma operação, seja no simples pedido de informação ou na reclamação do consumidor, ele também pode exercer a função de oferecer outros produtos ou serviços (cross selling) ou ampliar o valor da compra (up-selling).

A essa altura já deu para perceber a importância do call center para o cliente e o quanto ele é vital para a satisfação e fidelização do consumidor.

Embora sua função final seja cumprir o contrato com o seu cliente atendendo plenamente os itens de desempenho configurados, a sua função meio sugere um enorme volume de informações de mercado que deveriam alimentar o marketing da empresa para auxiliar nas próximas ações.

O operador do call center fala com o consumidor em um dia, muito mais do que qualquer outro profissional da empresa falaria em um ano.

Dá para abrir mão disso?

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima