O cavalo e o porco

Um fazendeiro comprou cavalo maravilhoso, um reprodutor. Pagou uma fortuna pelo animal. Um mês depois o cavalo adoeceu e ele chamou o veterinário: Um fazendeiro comprou cavalo maravilhoso, um reprodutor. Pagou uma fortuna pelo animal. Um mês depois o cavalo adoeceu e ele chamou o veterinário:

? Bom, o seu cavalo está com uma virose. É preciso tomar este medicamento durante três dias. No terceiro dia eu retornarei e caso ele não esteja curado, será necessário sacrificá-lo.

O porco, que estava por perto, escutava toda a conversa. Como o primeiro dia deram o medicamento e o cavalo continuou igual, o porco se aproximou dele e disse:

? Força amigo! Levanta daí!

No segundo dia, a mesma coisa. Nada do cavalo reagir. E o porco continuava alertando:

? Vamos lá, amigão! Levanta senão você vai morrer!

No terceiro dia, deram o medicamento e nada. O veterinário chegou e disse:

? Infelizmente vamos ter que sacrificar seu cavalo porque ele tem uma virose e pode contaminar os outros animais.

O porco, ouvindo isso, correu até o cavalo para avisá-lo:

? Cara, o veterinário chegou, é agora ou nunca! Levanta logo! Coragem!

De repente o cavalo deu um pulo e saiu correndo. Mais do que depressa, o fazendeiro, muito entusiasmado, gritou de alegria:

? Milagre!! Temos que comemorar! Vamos fazer uma festa! Mata o porco!

Moral da história: “Meta-se com a sua vida”.

Frase: ?Todos têm pensamentos tolos, somente os sábios os silenciam? ? Wilheim Busch

Texto circulando na Internet. Autor desconhecido

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima