O leão e o vendedor

Que leão você quer ser?

O leão é um animal que sempre aparece em historinhas e fábulas. Mas, ao contrário da selva, onde reina absoluto, no mundo corporativo “leão” tem vários significados. Confira algumas das expressões:

 

  • Matar um leão por dia – Eu me lembro de que, quando era garoto, assistia com meu pai ao Johnny Weissmuller lutar com um leão. Na pele (e sunga) de Tarzan, ele sofria e suava para derrotar o rei das selvas. Hoje, quando escuto a expressão “matar um leão por dia”, não me lembro do Tarzan, lembro-me do Denis – um vendedor que adorava matar um leão por dia. Voltava para casa todos os dias após ter visitado 87 clientes. De vez em quando, voltava com uma venda feita. Como ele usava a tática de visitar muitos clientes, era natural que alguém comprasse. No dia seguinte, era o mesmo sofrimento: visitar muitos clientes e trazer, com sorte, uma venda. Então, para mim, matar um leão por dia é não ter boas estratégias, é usar o fôlego e os músculos para vender, e não a cabeça.
  • Vendedor Hakuna Matata – “É lindo dizer… Hakuna Matata, sim você vai entender… Os seus problemas você deve esquecer, isso é viver…”. A música é uma gracinha e o filme Rei Leão, uma obra-prima. Agora, achar que esquecer os problemas é viver…(?) Só se você estiver em férias na Disneylândia. Problemas precisam ser enfrentados e clientes gostam de saber que alguém se importa com eles.
  • Vendedor Leão da Montanha –Há loja que, se o cliente chegar faltando dez minutos para fechar, os vendedores somem. O desenho animado da Hanna Barbera mostrava que o Leão da Montanha, quando estava em dificuldades, sumia. Eu já vi vendedor se esconder no estoque quando via que o cliente queria fazer uma troca. Mas também já vi a Regina, uma vendedora de calçados, atender com toda atenção do mundo uma cliente que queria trocar um calçado – e a cliente ainda levou uma bolsa para combinar. Resultado: cliente feliz e comissão maior.
  • Vendedor Leão Lobo –Esse é o profissional que dá notícia de tudo e sempre entende de todos os assuntos. Sabe da vida dos clientes, das celebridades, dos detalhes amorosos dos colegas de trabalho e comenta com todos o que o cliente pediu para ser confidencial. Se o chefe comprou um carro novo, é o primeiro a pedir um aumento de salário. Mas, diferente do apresentador da televisão, o vendedor Leão Lobo não dá ibope nem dura muito tempo.
  • Síndrome do Leão e o rato – Na fábula de Esopo, um ratinho faz um favor para o leão que estava amarrado. Já encontrei vendedores que tinham o potencial de um leão, mas sempre reclamavam que as coisas estavam difíceis. Viviam esperando aparecer alguém para roer suas amarras pessoais.
  • Pentear o leão – Essa é uma expressão que ouvi pela primeira vez em uma aula do meu MBA. O professor dizia que, em vez de matar o leão, temos de “dar uma penteada no felino”. Quer dizer que, com estratégia, é possível realizar coisas realmente difíceis.
  • Leão do Madagascar – Alex é um leão diferente. Na animação da DreamWorks, ele tinha de se remexer. Para ter sucesso, Alex aprendeu a dançar e rebolar. Vendedor de verdade tem de ser assim também, ter jogo de cintura para agradar o cliente e não tirar a lucratividade da empresa.

Na selva em que vivemos, eu desejo sinceramente que você escolha qual leão quer ser. Você pode matar um leão por dia, ter atitude de leão ou esperar o leão morrer de velho e se esconder atrás de desculpas.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima