O lenhador e Hermes

Um lenhador cortava lenha perto do rio quando perdeu o machado, que a correnteza levou. Ele sentou-se triste na margem e pôs-se a chorar. Por fim, Hermes apiedou-se dele e veio saber o motivo do choro. Assim que o soube, mergulhou, trouxe um machado de ouro e perguntou ao lenhador se era o que tinha perdido. Um lenhador cortava lenha perto do rio quando perdeu o machado, que a correnteza levou. Ele sentou-se triste na margem e pôs-se a chorar. Por fim, Hermes apiedou-se dele e veio saber o motivo do choro. Assim que o soube, mergulhou, trouxe um machado de ouro e perguntou ao lenhador se era o que tinha perdido.

Como o homem disse que não era aquele que tinha perdido, Hermes de novo mergulhou e trouxe um de prata. E o lenhador disse que aquele também não era o dele. Mergulhando pela terceira vez, Hermes trouxe o machado do lenhador, e este reconheceu que aquele era o machado que perdera. A honestidade do lenhador tanto encantou Hermes que este deu-lhe todos os machados.

Ao voltar para junto de seus companheiros, contou-lhes sua aventura e um deles, enciumado, quis obter o mesmo. Munido de um machado, foi para a margem do rio, atirou de propósito seu machado na correnteza, sentou-se e pôs-se a chorar. Também apareceu-lhe Hermes e, indagando o motivo do seu choro, soube da perda do machado. O Deus mergulhou e, de igual forma, trouxe um machado de ouro e perguntou se era o que havia perdido.

O lenhador, seduzido pelo engodo do ganho fácil, disse: ?sim, é ele, na verdade?. E o Deus, aborrecido com a desonestidade, não só não lhe deu o de ouro, como não devolveu ao homem seu próprio machado.

Moral da história: A divindade é favorável aos justos tanto quanto é hostil aos injustos.

Para Saber Mais: Fábulas, de Esopo (Editora Martin Claret) Onde encontrar: www.livrariascuritiba.com.br

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima