O perdão no casamento

Transmitir perdão é curar feridas, mas em especial, é ser curado. ?O amor encobre multidão de faltas?. Isto se confirma através da atitude de perdão. Sim, o perdão é a maneira do amor expressar-se libertando e curando as feridas emocionais que a mágoa, o ressentimento ou rancor pode nos causar. Perdoar é um ato de fé e também de humildade. É reconhecermos nossas fraquezas e as de nosso cônjuge, sabendo que somos imperfeitos e por isso ferimos e somos feridos.

Transmitir perdão é curar feridas, mas em especial, é ser curado. As feridas emocionais que carregamos afetam diretamente todos os setores de nossa vida, criando um universo próprio, escuro e sem valor, pois nos tornamos limitados e escravizados pelo sofrimento.

? Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará?. Conhecer a verdade é o passo mais seguro em direção ao perdão. Procure conhecer os motivos pelos quais você e seu cônjuge se agridem emocionalmente. Todos têm um. Após este conhecimento confesse sua falta e peça perdão, evitando utilizar termos como ?Sinto muito? ou ?Desculpe se te feri?, mas fale de forma clara: ? Você me perdoa?? e mencione o motivo. Assim seu cônjuge terá oportunidade de liberar perdão e sentir-se livre também. Amar é perdoar e perdoar é quebrar amarras, é ser livre para crescer, amadurecer e ser feliz. O perdão não conhece limites, exerça-o sempre. Peça sabedoria a Deus, através de Jesus Cristo, e perdoe a si mesmo e ao seu cônjuge.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima