O Planejamento estratégico na empresa

A utilização do planejamento estratégico é essencial para o sucesso de um empreendimento. Conheça um pouco sobre ele e o aproveite! Sem dúvida, o planejamento estratégico pode ser considerado uma das mais eficazes ferramentas da administração de empresas. Isso é tão real que quase a totalidade dos gestores de negócios o define como essencial.

Além do mais, temos de ter consciência de que, pela intensa concorrência, estamos nos deparando cada vez mais com ambientes dominados por turbulências e instabilidades que fazem com que existam maiores necessidades em mapeá-los para que possamos nos posicionar diante dessa realidade.

Com o planejamento estratégico como instrumento de gestão, os empreendedores podem ganhar maior porcentagem sobre outros tipos de informação, uma vez que essa ferramenta concede interessante clarividência da direção que a empresa deve seguir para alcançar resultados, objetivos ou metas. No entanto, isso só será possível quando se elaborar um plano estratégico, a partir de um intenso conjunto de procedimentos materializados em um plano de negócio.

Segundo Djalma de Oliveira, o planejamento estratégico pode ser conceituado como um processo, considerando os aspectos abordados pelas dimensões apresentadas anteriormente, desenvolvido para o alcance de uma situação desejada de um modo mais eficiente, eficaz e efetivo, com a melhor concentração de esforços e recursos pela empresa.

Temos de considerar também que a globalização é uma idéia antiga, mas só agora estamos dando início por estarmos em uma inter-relação em freqüência mundial. A expressão ?globalização? tem sido recentemente utilizada em um sentido marcadamente ideológico. Assistimos no mundo inteiro a um processo de integração econômica sob a égide do neoliberalismo, caracterizado pelo predomínio dos interesses financeiros, desregulamentação dos mercados, privatizações das empresas estatais, abandono do estado de bem-estar social e pela implantação dos modelos de negócios para vencer a concorrência.

Entretanto, para que tenhamos nossos sonhos realizados, é necessário ter visão estratégica, que é a capacidade de avaliar ou mesmo de investigar os fatos pelo ?sentir?, ?pensar? e ?agir?. Dessa forma, poderemos estabelecer metas, alcançar os resultados e mais ? precisamos estar convictos de que aquilo que queremos poderá se tornar realidade.

Se pensarmos de maneira lógica, em muitas empresas de pequeno ou de grande porte, não podemos começar a elaborar o planejamento estratégico sem questionar qual a razão de ser da empresa. É que o trabalho de cada parceiro perde o sentido, ou seja, torna-se sem objetivo se não for pensado o propósito da atividade em si, da mesma forma que a empresa necessita decidir qual o seu propósito de negócio.

Por isso, quando uma empresa estabelece uma missão, ela está externando sua necessidade de seguir um caminho independentemente das dificuldades e espera que seus colaboradores contribuam nessa trajetória.

Em primeiro lugar, os gestores devem investigar para analisar os objetivos do negócio, em seguida provocar uma significativa análise do contexto e dos pontos fortes e fracos da própria empresa.

Feita essa análise, a partir desses conhecimentos, a empresa poderá estabelecer as possíveis ameaças e oportunidades do empreendimento e assim definir quais os fatores determinantes que concorreram para o sucesso.

Para se alcançar os objetivos, deverão ser elaboradas estratégias e ações ? com prazos determinados ? que possibilitarão o alcance de resultados pela empresa.

Contudo, as empresas deverão implantar sistemas de maneira ampla que incentivem a produtividade, através do planejamento estratégico, com orientação para resultados com inovações e eficácia. Dessa forma, o empreendedorismo será colocado em prática e a possibilidade de as empresas ganharem longevidade junto ao mercado será real.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima