O que é um consultor farmacista?

Se você é um profissional de farmácia, esteja preparado para o futuro, pois o mercado farmacêutico não tem mais espaço para balconistas ou tiradores de pedidos, mas sim para consultores farmacistas. Desde os anos 80, o ramo de Farmácia e Drogaria vem sofrendo uma mudança constante. Vários fatores foram os causadores dessas mudanças, porém, várias redes estão recorrendo a uma solução do passado para fazer sucesso no futuro, oferecendo aos seus clientes os serviços dos chamados farmacêuticos da família.

Quem não tem sua farmácia preferida e, também, aquele farmacêutico que conhece você desde criança? No começo, você era levado à farmácia pelos seus pais e, agora, você leva seus filhos. No decorrer desses anos, a figura do farmacêutico passou a atender sua família de geração em geração.

O povo brasileiro tem uma ligação direta com a farmácia de sua cidade ou bairro, mas principalmente com os farmacêuticos, em sua maioria sem o diploma de faculdade, mas conhecedores das suas funções pela competência, conhecimento e, principalmente, pelos anos passados atrás do balcão de uma farmácia ou drogaria.

Antigamente, as farmácias e drogarias atendiam seus clientes em casa. Bastava ligar que a farmácia já encaminhava seu melhor farmacêutico, com a sua maletinha debaixo do braço, que na realidade parecia uma marmita de alumínio, pois na época todos os instrumentos eram esterilizados em uma estufa, na própria farmácia

É evidente que vivemos em outra época. Em cada esquina há uma farmácia, e a briga por descontos nos medicamentos de uso contínuo parece uma guerra sem fim. Estamos esquecendo de que medicamento não é um calçado, uma roupa ou uma bijuteria, que se você não gostar, pode trocar por um outro modelo. Não funciona assim com remédio, nós sabemos disso.

O disque-entrega já existe há anos. A diferença é que, no passado, o entregador fazia a entrega com uma bicicleta. Hoje, é o motoboy que faz esse trabalho. Hoje, temos a internet, mas é a minoria que usa essa ferramenta para compra de medicamentos, a menos que não encontrem o remédio procurado nas farmácias de sua cidade.

Várias redes estão buscando novas iniciativas, levando para sua comunidade palestras com parceria dos seus próprios farmacêuticos, com o apoio da classe médica e dos grandes laboratórios, com a finalidade de estar a um passo dos demais concorrentes. Mas, principalmente, de mostrar que sua empresa se preocupa com a saúde das famílias de sua comunidade, realizando um marketing estratégico em todos os lares, com meta de passar de geração a geração.

O Brasil caminha para uma população de idosos. Os nascidos em 1950, 60 e 70 terão, em média, 60 anos, até meados de 2010. O aumento no consumo de medicamentos para essa faixa etária será de 30% a 40%. São as chamadas pessoas da terceira idade. Mas toda essa população foi atendida no passado pelos farmacêuticos da família. Hoje, ela exige o mesmo tratamento de quando era criança.

Uma expressão muita usada atualmente é fidelização do cliente. As empresas investem nos cartões personalizados, programas de CRM, disque-entrega e pós-venda, acreditando que isso vai manter o cliente para sempre. É claro que essas ações são bem-vindas, quando usadas corretamente, mas principalmente quando colocadas em prática por profissionais competentes e comprometidos, a fidelização acontecerá a todo momento.

Algumas grandes redes já descobriram essas tendências e estão preparando seus balconistas para serem consultores farmacistas, para que prestem serviços à altura para a população que está por vir.

As farmácias e drogarias têm, em seu quadro, os balconistas. Na realidade, a maioria são atendentes, vendem o que está prescrito no receituário médico ou um medicamento de venda livre, porque a maioria desses balconistas é jovem, com pouco conhecimento no setor farmacêutico. Assim, não inspiram a confiança e a segurança que tanto fez diferença no passado e, sem dúvida alguma, faz nos dias de hoje.

Evidentemente, existem excelentes profissionais, os consultores farmacistas. São procurados pelos seus conhecimentos, são dedicados à profissão, fazem uma reciclagem anual e treinamentos com cursos voltados à área da Saúde, sua clientela compra porque acredita na sua indicação, no seu conhecimento, mas principalmente pela confiabilidade adquirida nos longos anos de afinidade e vínculo com sua família.

Os consultores farmacistas são profissionais disputados a peso de ouro. As farmácias concorrentes sabem que existem poucos com essas características. Existem, sim, muitos curiosos, que dizem ser conhecedores da profissão e para ter em seu quadro excelentes profissionais buscam os melhores na concorrência, oferecendo ótimos salários e investindo na continuidade de sua formação, pois sabem que para terem realmente o conhecimento comprovado é preciso anos de dedicação e amor à profissão.

As grandes redes, sabendo dessas dificuldades, estão investindo a cada dia na formação interna dos seus profissionais, para os consultores farmacistas, oferecendo a eles cursos nas áreas de Vendas, Atendimento, Marketing e novas técnicas que o setor farmacêutico exige nos dias de hoje, para que esses profissionais possam sentir-se valorizados, em troca oferecer e ser para a sua clientela aquilo que ela não compra e não encontra na concorrência. A diferença que faz a diferença.

As pequenas farmácias ou grandes redes que têm essa visão estão um passo à frente de seus concorrentes e posicionadas no mercado para grande reviravolta que, em breve, veremos no setor farmacêutico.

Se você é um profissional de farmácia, esteja preparado para o futuro, pois o mercado farmacêutico não tem mais espaço para balconistas ou tiradores de pedidos, mas sim para consultores farmacistas.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima