O que faço para vender mais em 2002?

Não se esqueça: a soma de vários pontos é que farão de você um profissional vencedor neste Novo Ano. Vamos conhecê-los? Essa semana, eu observei na TV Globo um comercial do Bradesco que me chamou muita atenção. Particularmente, achei excelente a mensagem que esse comercial transmite. Veja que grande mensagem: “No jogo da vida quando você diz: bom dia, isso vale um ponto; obrigado com um sorriso, um ponto; até logo, mais um ponto; volte sempre, dois pontos; um sincero seja feliz, cinco pontos. É a soma destes pontos que determina se você realmente será um vencedor…” Bem que todos nós poderíamos pegar esse exemplo do Bradesco e tentar marcar muitos pontos em 2002. Então como vender mais? É simples:

a) Comece a reconhecer e homenagear os clientes que estiveram com você durante todo ano de 2001. Marque o ponto do agradecimento. O ideal é que você visite a todos e diga-lhes um sincero muito obrigado. Fale de suas conquistas e realizações do ano anterior, cujas expectativas foram superadas e mostre ao cliente que ele foi a peça fundamental para o seu crescimento e de sua família. Agradeça a todos que fazem parte da empresa dele, desde a pessoa que serve o cafezinho até o entregador. Atribua seu sucesso, se possível, aos clientes que mais estiveram presentes em suas relações comerciais (almoço, jantar, coquetel, etc), ou quem sabe aqueles dez primeiros em vendas qualitativas, pois (vender muito pode não significa o ponto de equilíbrio entre você, sua empresa e o mercado. Mas vender com maior qualidade procurando o melhor preço médio sim, isso fará a grande diferença). Certa vez, conversando com um grande empresário, ele me disse que as empresas estão passo a passo procurando melhorar suas vendas através de um preço médio melhor. Entretanto, preço médio mais alto significa melhor qualidade de produtos e serviços, maior satisfação do consumidor, menor despesas, maior faturamento e melhor salário para o vendedor etc, etc. Claro que toda regra tem exceção. Por isso homenageie, se possível, os três melhores em desempenho: uma placa seria muito interessante. Nunca esquecer o vendedor da loja, homenageie o que mais se destacou em vender seus produtos durante o ano. Para ele, um bom presente seria o ideal.

b) Reveja todas as suas ações, analise friamente o que deixou a desejar, o que poderia ter feito de melhor, em que poderia ter ajudado ou auxiliado mais seus clientes, quais as ações que poderiam ter feito e não fez (na agenda dos círculos dos profissionais de vendas: “agenda sucesso em vendas” que ganhei quando trabalhava em uma grande empresa de vendas no norte/nordeste, há uma frase de ID que diz: “Não há nada mais desprezível do que os que sabem e não dizem, a não ser os que dizem e não fazem”). Continuando nossa avaliação: O que você deixou de acreditar e seu concorrente acreditou? Porém isso lhe fez perder pontos. Em que você pode melhorar, você precisa de melhores produtos no mercado para acompanhar sua concorrência? Então trabalhe para que isso aconteça;

c) Na seqüência de tentar marcar mais pontos do que o ano passado é sempre bom começar por sua casa. Comece com um bom dia: beije os filhos, esposa, cumprimente a todos e faça desta ação uma rotina na manhã de trabalho. Devo lembrar que há aquelas pessoas que ao chegarem cedo no trabalho a primeira coisa que dizem quando vir um colega é: “Eita como você está pálido, está doente?” Isso é reprovável, porém procure transmitir notícias boas, principalmente para aqueles que estão com problemas, contudo as notícias ruins têm seu valor, mas são as boas que devem ser propagadas. Certa vez, eu cheguei a uma empresa e vi várias revistas na sala, as duas primeiras falavam e como destacavam as crises! Peguei, olhei e coloquei embaixo de todas as outras revistas. Todavia, nada me chamou a atenção, porque me interesso mesmo por notícias boas, notícias que falam bem dos outros, etc, etc;

d) Na sua empresa, com o seu pessoal, é hora de valorizar, até os que não tiveram o desempenho desejado, reúna todos, fale das conquistas dos melhores resultados, dê exemplos de como conseguiram desenvolver suas áreas, quais os exemplos práticos que podem servir como exemplo, incentive seu pessoal a contar seus grandes feitos no ano anterior, mostre de maneira clara que quem não está bem pode melhorar, veja em que pode ajudar a desenvolver melhor a área de quem está em dificuldades. Agora, se nos próximos dias, meses, ou ano dependendo de sua necessidade (empresa), os erros continuarem talvez o problema seja realmente o profissional, aí vem aquele ditado: “em time que está ganhando se mexe. Se for para melhorar!” Voltando aos pontos que devemos marcar neste ano que está começando, é a hora dos cinco pontos: “um seja feliz sincero”. Acredite e torça pelo outro sinceramente, não há nenhum mal em dar mais do que esperar receber…

Ajude as pessoas a se desenvolverem, ensine o que sabe; profissional competente jamais tem medo de perder seu lugar ensinando o que sabe a outra pessoa. O segredo pode estar no momento em que você deixar a área para férias, ou mudança de cargo, ou de setor; no entanto o trabalho continuará com a mesma qualidade, porque quem ensinou ou transmitiu o serviço foi você. Portanto, não se esqueça: “a soma destes pontos é que farão de você um vencedor”. Um sincero Feliz 2002…

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima