O que você ou sua empresa estão fazendo para se preparar para uma possível desaceleração econômica?

O que nossos leitores estão fazendo para se preparar para uma possível desaceleração econômica Apesar de muito se falar em crise econômica, o que vemos no Brasil ainda não pode ser considerado uma crise, e sim desaceleração. Mas se a coisa piorar, você está preparado para enfrentar momentos difíceis? Pensando em reunir relatos de pessoas que já estão se preparando para uma possível crise, perguntamos aos leitores da VendaMais: o que você ou sua empresa estão fazendo para se preparar? Desligando a televisão e enfiando a cabeça na terra, fazendo de conta que não está acontecendo nada? Ou fazendo algo de prático, útil e eficaz? Aqui, você confere algumas boas ideias.

?Nos últimos tempos, mais que sempre, investimos na pós-venda. Procuramos apoiar nossos parceiros e a caminhar lado a lado. Alinhamos nossos objetivos às necessidades e desejos de nossos clientes. Conquistamos novos consumidores, mas, principalmente, mantivemos os antigos e melhoramos seus pedidos médios. Estamos seguros porque os resultados obtidos no tempo das vacas gordas foram investidos em aumento da capacidade produtiva, melhoria da qualidade, qualificação de mão-de-obra e controle de processo que antes era terceirizado e de baixa qualidade. Estamos mais fortes, confiantes e, com certeza, preparados para enfrentar essa tal ?desaceleração?!?
Carlos Quintus

?É certo, e até lógico, que essa crise mundial que já está afetando alguns setores da economia brasileira se ?instale? no restante da nossa economia através da desaceleração do crescimento. No entanto, acredito muito no trabalho como forma de amenizar o impacto em minha empresa. Embora essa seja uma época que meu ramo (genética bovina) tenha, naturalmente, uma baixa nas vendas, resolvi contratar três novos colaboradores para ter tempo de treiná-los e, assim, ter mais ?poder de fogo?. Aumentei o número de vendedores, eu mesmo estou treinando eles e os coloquei no setor em que consigo controlar os gastos.?
Joacir Carboni

?Em momento de crise, ou desse tipo de situação que o Brasil vive, o melhor a fazer é mostrar ao cliente que investir no que você vende é a melhor opção para ele. O maior problema dessas crises é que o dinheiro não circula, pois as pessoas têm medo de investir no lugar errado. E se o dinheiro não circula, ele tem de estar em algum lugar. Esse lugar, claro, é a mão de seus clientes.?
Jaime Pires Junior

?Somos distribuidores de equipamentos de informática e segurança eletrônica. Nossa maior preocupação foi com o dólar, pois 90% dos nossos produtos são importados. Cortamos o funcionamento aos sábados e ganhamos mais 50 minutos nos dias de semana, fizemos uma renegociação com nossos fornecedores e reduzimos em 5% a margem de lucro. Acreditamos que essas ações possam nos deixar à frente da concorrência e que a crise não nos pegará de surpresa. Ela chegou, sim, ao Brasil, e quem não estiver preparado para as enormes marolinhas irá morrer na praia.?
Daniel Ávila

?Não me considero uma doutora em economia, mas tenho todo direito de discordar dessa tão alarmada crise que a mídia quer impor. Realmente, a economia americana passa por dificuldades, mas isso ainda não me atingiu. Tenho uma papelaria pequena e sempre estou preparada para qualquer eventualidade, não é só porque a mídia fala em crise que devo me preparar, pelo contrário, sempre estou preparada. Não faço dívidas, só compro à vista, sempre tenho bom relacionamento com o cliente, controlo minha vida e a empresa independentemente do cenário econômico. Só assim consigo o sucesso.?
Eliane Borges da Silva

?Estou com 57 anos de vida e, desde os sete, ouço falar em crise. O Brasil e o mundo já passaram por várias, mas estamos aqui, vivos, para contar mais uma. A diferença é a velocidade da informação. Aprendi que nos momentos de crise refazer nossos sonhos, objetivos e planejamento é a sacada. Alguns não fazem nada e esperam a crise para justificar fracassos. Outros rasgam seus planejamentos por achar que não adianta planejar. Os preparados o refazem. A dica é tornar a fazer planos para 2009 e não esperar o tempo passar. O primeiro semestre deste ano será para os preparados e planejados. Antecipar ações, essa é a ordem. Não é novidade, mas funciona.?
Mello Jr.

?Realmente, temos de desligar a televisão, arregaçar as mangas e motivar os colaboradores, pois sem eles não teríamos como chegar a lugar algum. Sabemos que existem estratégias e criação de novas ideias para qualquer tipo de situação e que temos plena capacidade de encontrar o melhor caminho. Conseguindo isso, essa desaceleração que provavelmente acontecerá no Brasil passará, com toda certeza, simplesmente despercebida por nós.?
Sandra Milena Alves Pereira

Então, acesse o site VendaMais, assine a e-zine e fique atento aos textos do Raúl. A pergunta da seção ?Opinião? sempre aparece por lá!


Quer ler o texto de Raúl Candeloro que deu origem à pergunta que foi respondida pelos assinantes nestas páginas? Acesse o site VendaMais, clique na seção VM Plus e confira!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima