O que você vai ser quando crescer?

Na carreira de vendas, assim como em qualquer outra área, é preciso pensar sempre na frente, pois nunca se sabe o que o futuro trará.

Muitas pessoas ainda vivem o velho paradigma de que a melhor forma de ser bem-sucedido é estudar muito, conseguir entrar em uma boa universidade e conquistar um emprego que lhes dê muito dinheiro. Para reforçar essa idéia, tornaram-se freqüentes anúncios de universidades e comerciais de TV com promessas do tipo: “Estude conosco e torne-se uma pessoa de sucesso” ou “Encontre o emprego dos seus sonhos”.

Muitos jovens acreditam nesse tipo de propaganda e, após quatro ou cinco anos de estudo, conseguem conquistar o tão sonhado diploma. Depois disso, esses mesmos jovens saem em busca de seu primeiro emprego. Dados da revista Veja mostram que, todos os anos, cerca de 300 mil novos profissionais capacitados saem das universidades e tentam entrar para o mercado de trabalho. É quando os sonhos tornam-se pesadelos. Simplesmente porque não há vagas para todos e a disputa pelas poucas que há é cada vez maior.

Certa vez, o bilionário dono da Microsoft, Bill Gates, fez um breve discurso para uma turma que acabava de se formar. Ali houve uma dica marcante. Ele disse: “Você não ganhará 40 mil dólares por ano assim que sair da escola. Você não será vice-presidente de uma empresa, com carro e telefone à disposição antes que você tenha conseguido comprar seu próprio carro e telefone”.

Você não vai encontrar o melhor emprego da sua vida assim que sair da universidade, isso é muito raro. O mais comum é que o jovem que passou os últimos anos estudando, consiga um estágio ganhando muito pouco. Não há nada de errado com isso; o sucesso é construído dia a dia e somente aqueles que estiverem determinados vão subir a escada do sucesso corporativo. Outros não menos determinados, mas que não aceitam ganhar tão pouco, buscam novas oportunidades fora da área em que se formaram.

Para se ter uma idéia, dados mostram que apenas um entre dez profissionais está trabalhando na área em que se formou. Isso pode até parecer uma má notícia, mas traz a noção de que apesar de não haver emprego para todos, vivemos em um momento de grandes oportunidades. E boa parte dos jovens já entendeu que precisa desenvolver seu espírito empreendedor.

O que mais tem sido promovido, hoje, é o fato de que você tem de estar preparado para os novos desafios. O mundo de hoje busca empreendedores globais e líderes motivados, não pessoas que queiram apenas um emprego; mesmo que você tenha um ou esteja preparado(a) para um mundo sem empregos.

Comece a se tornar um empreendedor dentro da própria empresa em que trabalha. Comece a fazer diferença onde quer que você esteja. Procure entender o mercado em que atua e lembre-se, seja qual for sua escolha, aprenda a gostar daquilo que faz. Faça com coragem, determinação e coração de aprendiz. Nada é eterno!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima