Os segredos da vitória

Saiba quais são as atitudes que determinam o índice de motivação do ser humano. Depois de conhecê-las, pratique-as todos os dias.

Há cenas que ficam gravadas em detalhe na memória. Uma das mais vivas lembranças de minha infância foi de quando meus pais me levaram ao parque do Instituto Butantan, em São Paulo. Logo que chegamos, ouvi um alarido, abri caminho por uma pequena multidão e subi numa pedra para espiar. Uma enorme jibóia tentava engolir outra cobra, mas esta, para surpresa de todos, estava sendo defendida por um… sapo. Saltando por cima da agressora, ele fazia de tudo para salvar a companheira de viveiro. Para delírio da torcida, o sapo conseguiu fazer a jibóia desistir do seu intento. Todos o aplaudiram como a um herói.

Quatro décadas depois, eu vinha dirigindo pela Transpantaneira, quando deparei com uma cena que me lembrou a briga do sapo com a cobra no Butantan. Uma enorme garça tentava engolir um sapo, que lutava ferozmente para não ser devorado. Sua cabeça já estava praticamente dentro da garganta da ave, mas ele não desistia. Fiquei atônito, acompanhando cada detalhe para ver o desfecho da cena.

Alguns anos depois, ao fim de uma palestra, ganhei de presente um desenho que representava exatamente a cena do sapo lutando para não ser engolido pela garça. Foi então que percebi o quanto aquele simples desenho atrai a atenção das pessoas, por isso passei a projetá-lo em minhas palestras. O público sempre ri, e acho que não é apenas por ser um desenho curioso, mas também porque todos se identificam, de alguma forma, com aquela cena.

Você, que está lendo este artigo, já sentiu-se prestes a ser ?engolido? por uma determinada situação e teve que lutar com todas as forças até se libertar?

Voltando ao caso da garça, será que ela conseguiu engolir o nosso herói? O desfecho dessa luta está em algum momento do livro O Pulo do Sapo, e é muito interessante. Mas que idéia foi essa de fazer um livro sobre sapos? Acontece que, de tanto ver príncipes virarem sapos, de tanto ver a repulsa que esse pequeno animal provoca nas pessoas e, principalmente, nas mulheres, de tanto vê-lo sofrer com as brincadeiras de crianças que costumam jogar pedras neles, comecei a estudar os seus costumes e fiquei tão impressionado que resolvi fazer um livro inteiro sobre o tema.

Fala-se muito do pulo do gato, eu mesmo já escrevi sobre o vôo da águia e faço palestras sobre isso, mas no novo livro os leitores conhecerão, em meio a histórias divertidas e curiosas, os segredos que fizeram do sapo um personagem de inúmeras lendas ao longo dos tempos. O livro trata especialmente das suas incríveis habilidades de superar desafios e vencer obstáculos. Temos muito a aprender com O Pulo do Sapo.

Entre um coaxar e outro, ao longo do livro, são dadas as pistas dos ?25 segredos mágicos para a vitória pessoal e profissional?. Quase ninguém repara, mas estão ali.

Quando ler, veja se você descobre. Isso não impede que eu os antecipe aqui, em linhas gerais. São idéias simples, que você conhece há tempos.

Mas o segredo não está em conhecê-las, e sim em praticá-las, pois são atitudes que determinam o índice de motivação do ser humano.

  • Adaptação – Criar condições melhores para si e para o seus, mesmo nas situações mais adversas.
  • Atenção – A percepção apurada nos livra de tropeços e nos faz perceber oportunidades que poucos estão vendo.
  • Autoconfiança – Para vencer obstáculos e dificuldades, é preciso conhecer e exercitar o seu potencial.
  • Autocontrole – Manter a mente lúcida e os reflexos em ordem, para ser bem-sucedido até em situações extremamente difíceis.
  • Capacidade – É possível expandir nossas capacidades pelo constante esforço de auto-perfeiçoamento.
  • Cautela – O guerreiro invencível sabe onde pisa. O melhor alpinista não dá passo em falso.
  • Comunicação – Quando falamos com clareza e escutamos com atenção, as pessoas sentem-se motivadas e participantes.
  • Coração – Para decisões difíceis, devemos buscar a inteligência espiritual em nosso coração.
  • Coragem – Seguir adiante, fazendo com que cada dificuldade se torne uma nova oportunidade de melhoria.
  • Criatividade – Quem é criativo multiplica seu poder, surpreende, dobra resistências, encanta e convence.
  • Decisão – Momentos de decisão pedem atitude positiva e a clara noção do objetivo maior.
  • Desempenho – É preciso obter bom resultado em tudo o que você faz, colocando empenho nos mínimos detalhes.
  • Diferença – A humanidade é composta por pessoas comuns, que nada acrescentam e por pessoas que contribuem para que o mundo melhore.
  • Direção – Só atinge a meta quem direciona as ações no sentido certo.
  • Impulso – A performance depende da forma de estimular os recursos que você tem ao seu dispor.
  • Mudança – Quem fica parado só consegue reclamar dos novos tempos e sentir saudades do passado.
  • Objetivo – Só quem sabe aonde quer chegar pode vencer em sua caminhada.
  • Persistência – Muitas vezes, a vitória nos exige provas de real determinação em alcançá-la.
  • Precisão – Atinge melhor o alvo, quem traça e trilha o rumo com exatidão.
  • Rapidez – Saber usar o dom da rapidez não é ser veloz todo o tempo, e sim no momento certo.
  • Realização – Há pessoas que têm talento e trabalham duro, mas não são ?acabativas?.
  • Superação – Os obstáculos não ficam menores; o que aumenta é o nosso poder de superá-los.
  • Versatilidade – Desenvolver outras habilidades expande horizontes e pode ser decisivo em algumas circunstâncias da vida.
  • Visão – Mais decisivo do que ver com os olhos é perceber além do que os olhos vêem.
  • Vontade – O melhor energético para superar limitações é a vontade, uma força poderosa que leva à vitória.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima