Paulo Manieri – Um gerente Pit Bull

Lealdade, força e segurança. Para Paulo Manieri, essas devem ser as palavras mais importantes no vocabulário de qualquer Pit Bull, mas ele não é qualquer Pit Bull é o gerente Pit Bull do 1º Encontro Nacional de Pit Bulls, desenvolvido por Luis Paulo Luppa.

Nem sempre o sucesso esteve ao lado de Paulo. Aos 20 anos, tinha dois empregos. Durante o dia, trabalhava como caixa em um banco. À noite, fazia compensação em outro. Tudo isso para sustentar a família. Acostumado a vender produtos nos bancos em que trabalhava, decidiu se tornar vendedor porque acreditava que podia aumentar o rendimento, mal sabia ele que a venda de consórcios de carro daria o pontapé inicial em uma brilhante carreira.

Apesar de conhecer pouco sobre vendas, Paulo estudou bastante, leu muitos livros e se deu bem na área. Acostumado a ter de se virar sozinho, até estranhou o tratamento recebido quando chegou na OESP Mídia (empresa do grupo O Estado de São Paulo e editora de listas e guias). ?Com apoio da empresa, me formei em Administração com especialização em Marketing e fiz MBA em Gestão Comercial?, conta.

Gerente-comercial desde 1994, Paulo se considera um supervendedor, pois ?independentemente do cargo ? pode ser supervisor ou diretor de vendas ? sempre seremos vendedores. Estamos gerentes, mas somos vendedores?, conclui. Ele acredita que vencer o concurso Pit Bull foi muito importante para sua carreira. A emoção foi grande no momento da premiação, e é relembrada com carinho: ?Parece que passou um filme na minha cabeça. E esse filme fez com que eu percebesse que tudo valeu a pena. Ser reconhecido pelo que fazemos não tem preço?, completa.

Para ele, uma pessoa que quer alcançar o sucesso em vendas tem de acreditar em si, tem de evitar lugares e pessoas negativas, não deve desistir dos seus objetivos, e deve se agarrar aos sonhos que possui. E nunca esqueça que é preciso ser leal, forte e passar segurança à equipe.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima