Planejamento para consumidores C e D

Como se planejar para obter resultados positivos com os consumidores das classes C e D? Tenho trabalhado com empresas do varejo para que se adaptem rapidamente a essa realidade, pois não é uma questão de modismo, mas uma tendência do mercado brasileiro. Não vou entrar no mérito político da informação abaixo, mas quero mais uma vez chamar a atenção de que o sol nasceu para todos, pelo menos para aqueles que desejam vê-lo, é claro. Tenho alertado os chamados empresários de micro e pequenas empresas para a busca de alternativas de atendimento desses consumidores, evitando que os grandes abocanhem essa fatia de mercado, já que alguns hipermercados já estão montando empresas menores (mercadinhos de bairros) para concorrer com os pequenos. Largaram na frente, tiveram a informação antes? Não acredito. Simplesmente agiram. Vejam a matéria abaixo:

Volume de compras das classes D e E cresce 11%
Fonte: Zero Hora
Os três anos e meio do mandato de Lula mostraram avanço no perfil de consumo das famílias com rendimento de até quatro salários mínimos na área de não-duráveis. Essa faixa da população aumentou de 21 para 27 categorias de produtos em agosto do ano anterior. O estudo apontou que o volume de compras das classes D/E aumentou 11%, o gasto médio cresceu 35% com produtos mais elaborados, dos segmentos de alimentos, bebidas, higiene e limpeza no período. As novidades na cesta foram: sucos em pó, massa instantânea, caldo para tempero, salgadinhos e leite longa vida. O percentual é próximo ao verificado nas demais classes. O acesso a esses produtos aumentou 15% no período. Nas classes C e A/B, o volume médio de consumo cresceu 8% e 5%, respectivamente.

Então, o que fazer? Planejar, nunca é tarde para isso. Não será da noite para o dia que a empresa irá mudar de foco e obter resultados positivos. Falo em mudança de foco, pois a maioria nunca olhou para essas classes como consumidores em perspectivas, normalmente, as empresas querem resultados imediatos e visam os chamados clientes em potencial, aqueles que consomem, que todo mundo vê e deseja conquistá-los.

Por isso, para que você inicie o seu plano de ação, responda:
– Onde estão os chamados C e D e E?
– Minha empresa tem produtos para esses clientes?
– Tem ambiente apropriado para eles?
– Tem profissionais treinados para esse perfil de consumidores?
– Tem carteira de financiamentos que possam parcelar determinadas compras?
– Tenho banco de dados?
– Devo fazer uma pesquisa detalhada?

Se você conseguir respostas para esses itens já estará dando um grande passo para realização de um planejamento mais completo.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima