Plano de vôo para o sucesso

Plano de vôo para o sucesso O sucesso não é um acontecimento inesperado, não cai do céu. Longe disso, é previsível. Aliás, não depende de idade (Tom Daley, de apenas 14 anos, foi o atleta mais jovem dos saltos ornamentais a disputar uma Olimpíada), raça (Lewis Hamilton foi o primeiro negro a liderar o campeonato da Fórmula 1), sexo (Ellen Gracie foi a primeira mulher a ocupar a presidência do Supremo Tribunal Federal), classe social (David Portes começou sua trajetória de sucesso como camelô no Rio de Janeiro e hoje é um dos palestrantes mais requisitados do País) ou formação escolar (nosso presidente possui apenas o primário).

Para você ter sucesso na vida, basta fazer uma opção entre vencer ou esmorecer. Se optar por vencer, precisará trabalhar, pois o sucesso exige foco, comprometimento e dedicação. Muitos atletas que competiram na Olimpíada de Pequim começaram a treinar em 2004. Lula precisou de 16 anos até vencer a eleição para presidente do Brasil. Certa vez, uma mulher, extasiada com uma brilhante apresentação de um violinista, disse-lhe, no fim, que daria a vida para tocar tão bem quanto ele, ao que esse respondeu: pois foi exatamente o que fiz.

Além de não depender de nenhum dos fatores anteriores, para obter sucesso você não precisa ser um sujeito excepcional, supertalentoso ou acima da média. É necessário ter um bom plano, acreditar nele e executá-lo. Confira os pontos fundamentais para seu vôo ser bem-sucedido.

» Faça um checklist para acionamento dos motores
Antes de elaborar o plano de vôo, liste sua condição atual: idade, nível escolar, cursos e experiências na área em que você atua e deseja trabalhar, além de emprego atual, mercado de trabalho no ramo pretendido, verba disponível (se houver, é claro) e rede de relacionamento.

» Defina o destino de sua viagem rumo ao sucesso
É bom ressaltar que não se trata de uma meta financeira. Deve ser uma posição onde você pretende estar no futuro, por exemplo: chegar ao cume do Everest, ser gerente de vendas de uma concessionária de automóveis, tornar-se piloto de linha aérea ou abrir uma empresa.

» Comunique suas intenções
Antes de partir, o piloto informa ao controle de tráfego aéreo suas intenções (nível de vôo, velocidade, hora estimada de pouso, etc.). Envie um e-mail a todas as pessoas de sua rede de relacionamento informando seus objetivos profissionais, pois, eventualmente, alguém poderá ajudar em seu vôo.

» Planeje a duração da viagem, depois de definir seu destino
Calcule o prazo necessário para sair do ponto em que você está até chegar ao destino. Leve em consideração todos os aspectos envolvidos, como: formação escolar necessária, treinamentos específicos, domínio de outro idioma, estágios, obtenção de bolsa de estudos, viagens, etc. Normalmente, uma viagem rumo ao sucesso não dura menos de dez anos.

» Defina a verba necessária para a viagem
Se você não dispõe de verba, não desista. Existem bolsas de estudos até para formar pilotos de avião. Os governos da maioria dos países desenvolvidos têm um fundo específico para fornecer bolsas de estudos para alunos estrangeiros. Basta você pesquisar.

» Tenha um plano alternativo caso o destino inicial esteja inacessível
Vamos supor que você decidiu fazer um mestrado no exterior para dar aulas numa universidade do Brasil. Entretanto, no meio do curso, recebe um convite para ficar por lá mesmo. Ou, por exemplo, você começou a fazer uma faculdade de Ciências Aeronáuticas para se tornar piloto, mas recebeu um convite para ser o diretor de operações de uma companhia aérea. Esteja sempre aberto a mudanças de rumo.

» Assuma uma postura condizente com o que planeja
Você não deve ir numa direção e, ao mesmo tempo, pensar que não chegará ao seu destino. Se acredita que não vai chover, por que sair de casa com um guarda-chuva? Seu pensamento precisa estar em perfeita sintonia com seu plano de vôo. Agora, escolha o destino, elabore seu plano de vôo para o sucesso e boa viagem.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima