Por que as metas são tão importantes

Há muitas maneiras de se definir o sucesso. A melhor definição que já vi é a seguinte: ?O sucesso é a realização progressiva de metas dignas de nosso esforço?

Se há uma coisa a respeito da qual todos os especialistas em desempenho concordam é a importância de se estabelecer metas. O sucesso não acontece por acaso. Acontece devido a um propósito. O psicólogo Charles Garfield trabalhou com astronautas, atletas profissionais, cientistas, inventores, líderes do mundo dos negócios e outros grandes realizadores. Ele acredita que todo tipo de sucesso “começa com uma missão”: uma meta específica acompanhada por um forte desejo. As metas têm sido o ponto de partida para cada avanço na história da humanidade. O processo é sempre o mesmo: um sonho se transforma numa meta, a meta se torna uma realização. Ou, nas palavras de Napoleon Hill, “O que a mente do homem pode conceber e acreditar, ela pode realizar.”

Viver sem metas é como partir em viagem sem ter um destino. Se você não sabe aonde está indo, provavelmente vai acabar em lugar nenhum e, para chegar lá, qualquer caminho serve. Apesar de muitas vezes terem excelentes oportunidades, é aí que terminam milhões de pessoas: em lugar nenhum. Há algo relativamente simples que pode mudar o curso de qualquer vida, a despeito da idade e das circunstâncias. Este algo é um conjunto de metas claramente definidas.

Ter metas a alcançar pode tornar nossas vidas mais ricas em vários aspectos:

  • Motivação – Metas são os primeiros tijolos com que construímos nossa motivação. Elas nos dão uma razão para nos levantarmos e irmos em frente. :
  • Independência – Metas nos ajudam a tomar conta de nossas próprias vidas. Em vez de seguir a multidão ou ficar vagando sem destino pela vida, escolhemos nosso próprio caminho, aquele que leva à realização de nossas ambições.
  • Direção – Metas nos dão um destino. Temos uma chance maior de chegar a algum lugar se soubermos para onde estamos indo.
  • Sentido – Metas nos dão o sentido de um propósito, de um objetivo. A vida faz mais sentido quando temos clareza sobre o que queremos. Em vez de simplesmente existirmos de um dia para o dia seguinte, nossas metas nos dão motivos para começarmos realmente a viver.
  • Prazer – Metas são o antídoto para o mais terrível dos males sociais: o tédio. Como sentir tédio quando temos coisas estimulantes a serem feitas? As metas tornam nossas vidas mais divertidas, mais interessantes, e colocam diante delas mais desafios.
  • Realização – Metas, mais do qualquer outra coisa, nos ajudam a realizar nosso potencial. Definir metas nos ajuda a ver o que é possível ser feito. Cada passo bem-sucedido na direção das nossas metas consolida nossa confiança. Cada meta atingida nos ajuda a ver mais coisas que são possíveis e nos leva a novas metas e novas realizações.

“Aquele que tem um ‘porquê’ para viver pode suportar quase qualquer ‘como’.” – Friederich Nietzsche

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima