Presente, passado e futuro

Como fazer uma avaliação do ano que está chegando ao fim e um planejamento para 2010

A relação dos personagens vividos por Morgan Freeman e Jack Nicholson no filme Antes de partir começa quando os dois se encontram no mesmo quarto de hospital no qual esperam a morte chegar. Com o passar do tempo, eles se tornam amigos e passam a compartilhar sonhos, desejos, alegrias e tristezas. É aí que tomam uma decisão: ambos devem pensar em uma lista de coisas que desejam fazer “antes de partir”. Assim, eles começam juntos uma empreitada para realizar sonhos ainda vivos na cabeça dos dois.

 

Esta reportagem da última edição da sua revista Motivação de 2009 tem um simples objetivo: fazê-lo entender por que é preciso refletir sobre o que foi feito ao longo deste ano e planejar o que será realizado no próximo para que você seja mais feliz em todos os aspectos da sua vida – carreira, mente, sociedade, família, finanças, espírito, identidade e corpo. E, para Tommy Nelson, um dos maiores especialistas em planejamento de vida, essa história tem muito a ver com o enredo do filme, mas você vai entender essa ligação no decorrer do texto.

 

Por que revisar o ano que está chegando ao fim?

Planejar o ano que vai começar já é comum tanto em ambientes corporativos como na vida pessoal dos indivíduos. No entanto, muitas pessoas ainda menosprezam a revisão do ano que está chegando ao fim, pois acham que o que já passou deve ser esquecido.

 

Dulce Magalhães, doutora em planejamento de carreira pela Universidade Columbia, EUA, explica que “toda avaliação nos permite consolidar a aprendizagem do processo vivido, pois, durante ele, estamos tão envolvidos na tarefa que não temos condições de percebê-la inteiramente”. Ou seja, para Dulce, essa avaliação amplia nossa perspectiva e nos oportuniza a apropriação dos acertos e a aprendizagem com os erros.

 

Mas a especialista concorda que essa tarefa não é nada fácil, pois estamos muito mais acostumados a planejar que avaliar. No entanto, para ela, a melhor maneira de fazer isso é tornando-se um observador do próprio sucesso, com um olhar imparcial, sem julgamentos sobre quem ou o que contribuiu ou prejudicou durante aquele período. “Devemos olhar o processo como uma experiência de um tempo de nossa própria consciência, mas em que já não somos nós mesmos, pois nos transformamos o tempo todo. Sem essa identificação, saímos de uma posição de defesa e podemos compreender e acolher nossos comportamentos e atitudes para depois pensar em como é possível sermos melhores no próximo ano”, aponta.

 

Para facilitar a aplicação dessa avaliação, Tommy Nelson sugere a utilização de uma ferramenta que ele chama de Pizza da vida (material disponível no site da revista Motivação). “Faça um círculo e divida-o em quantos pedaços você quer avaliar. Analise pedaço por pedaço dando notas a eles. Assim, você poderá avaliar cada aspecto da sua vida e fazer uma espécie de termômetro interior para saber no que precisa melhorar e em quais pontos já está bem”, esclarece.

 

Que pontos analisar

Para ajudá-lo a dar início a essa etapa, sugerimos que você divida a sua pizza em oito pedaços:

 

  1. 1.   Carreira – Várias análises podem ser feitas sobre sua carreira: está satisfeito na empresa em que trabalha? No cargo que ocupa? Você se dá bem com seus colegas de trabalho? Avalie cada um desses aspectos (e o que mais achar interessante) e dê uma nota para seu desempenho nessa área. Também responda quatro perguntas em relação a ela:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação a sua carreira, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera de sua carreira?

 

  1. 2.   Mente – É importante que você avalie como foi o seu desenvolvimento durante o ano que está chegando ao fim. Fez cursos suficientes para crescer pessoal e profissionalmente? Leu o que gostaria de ler? Também responda quatro perguntas em relação a esse item:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação a sua mente, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área em sua vida?

 

  1. 3.   Sociedade – Em 2009, você conseguiu manter bons relacionamentos no trabalho? E com seus amigos, conseguiu viver bons momentos? Também responda quatro perguntas em relação a isso:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação à sociedade, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

  1. 4.   Família – Para sermos felizes, precisamos muito mais que apenas trabalhar. Portanto, pergunte a si mesmo se, em 2009, você conseguiu passar o tempo que queria com sua família, com seus pais, irmãos, filhos e companheiros. Dá para melhorar no ano que vem? Também responda quatro perguntas em relação à família:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação à família, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

  1. 5.   Finanças – A parte financeira é mais um aspecto importante da nossa vida. Avalie como você gastou o que recebeu, se o seu salário é suficiente para o que gasta, como pode diminuir suas despesas em 2010, enfim, faça um levantamento de tudo o que entrou e saiu para saber se 2009 foi positivo ou negativo nesse aspecto. Também responda quatro perguntas em relação às finanças:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação às finanças, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

  1. 6.   Espírito – Para estar bem espiritualmente, você não precisa escolher uma religião para seguir. No entanto, é importante que esteja bem consigo mesmo para estar feliz. Como foi 2009 nesse ponto? Também responda quatro perguntas em relação a isso:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação à área espiritual, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

  1. 7.   Identidade – Apesar de o relacionamento com seus colegas, familiares e amigos ser superimportante, é essencial também que você tenha sempre um tempo para si mesmo. Você tem praticado seus hobbies? Tem feito o que gosta? Ou acaba deixando seus próprios interesses de lado por querer agradar a quem ama? Também responda quatro perguntas em relação a isso:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação à identidade, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

  1. 8.   Corpo – Como vai a sua saúde? Você tem dormido bem? Ido ao dentista regularmente? Não se pode deixar esse pedaço da pizza de lado nunca se você quer estar bem em todos os outros, pois ele influencia drasticamente o andamento de tudo. Portanto, analise-o da melhor maneira possível para poder dizer no planejamento do ano que vem o que precisa ser feito para chegar à nota dez! Também responda quatro perguntas em relação ao corpo:
  • · O que você espera dessa área em sua vida?
  • · O que tem feito em relação ao corpo, mas que deveria parar de fazer?
  • · Há alguma coisa que você faz e deveria continuar fazendo?
  • · E o que não está sendo feito, mas que precisa ser realizado urgentemente para você conseguir o que espera dessa área?

 

Deu para entender a importância de rever o ano que está chegando ao fim, não é mesmo? Pois então, mãos à obra! Se você gostou da “pizza”, utilize-a. Se não, escolha um método de sua preferência, mas não deixe de realizar essa avaliação, pois ela irá ajudá-lo a fazer um planejamento para 2010 ainda melhor.

 

Planejando o ano que vem

Fernando Pessoa, poeta e escritor português, disse certa vez que “navegar é preciso”. Mas, aproveitando a rima dos verbos, podemos dizer que “planejar é preciso”. E, para Meiry Kamia, psicóloga organizacional, planejar é preciso para não ficarmos “escorregando” pela vida, dando passos em falso, decidindo pelo que não queremos e nos frustrando. “Quem não estabelece metas nem planeja corre um risco maior de tomar decisões erradas por não estar claro o que espera da vida e aonde quer chegar. Ao planejarmos nossa vida, realizamos uma autoanálise, o que faz com que nos conheçamos melhor – e o autoconhecimento é um fator imprescindível para uma vida melhor”, declara.

 

E, quando o assunto é planejamento, todo mundo tem um método de preferência. Alguns optam por pensar em metas para cada pedaço da pizza e escrevê-las em um papel (que talvez acabem deixando de lado no decorrer do ano), outros preferem fazer um planejamento estratégico diário (ou seja, acabam não planejando nada antecipadamente e se deixam levar pelos acontecimentos do dia a dia) e ainda existem os que não planejam nunca.

 

Mas, se há uma coisa que você precisa entender, é que “planejar é preciso”. Coloque essa paráfrase à frase de Pessoa em sua cabeça e pense no seu planejamento. Se ainda precisa de um empurrãozinho para começar a colocar em prática a arte de planejar, veja o que Wana Pinho Tavares, gerente de planejamento de carreira da Ricardo Xavier Recursos Humanos, tem a dizer: “O planejamento vai lhe possibilitar perceber a realidade, avaliar os caminhos e construir um referencial futuro. Essa pratica traz vários benefícios, como: segurança, motivação, redução de custos e diminuição do estresse”.

 

E é nessas etapas que entra a tal da lista que Morgan Freeman e Jack Nicholson fizeram no filme e que você também pode fazer. Logo abaixo, você poderá conferir várias dicas para fazer sua lista, mas, se preferir, acesse o site da revista Motivação e imprima a sugestão de Lista de planejamento.

 

Sua lista!

“Ao criar uma lista de coisas que se quer fazer ao longo de um determinado período, você estipula quais são suas metas, objetivos e começa o real planejamento da sua vida”. Essa declaração de Tommy nos faz entender que depende de nós a seriedade de nossa lista. No caso do filme, os personagens queriam apenas realizar sonhos. No entanto, o planejamento para o ano que virá pode ter início em uma simples lista.

 

Se você seguir o conselho anterior de Tommy e utilizar a pizza da vida para fazer a avaliação de 2009, pode partir das respostas às perguntas para a lista do planejamento. Você pode fazer uma lista para cada pedaço ou, então, uma que contenha uma meta para cada um daqueles pedaços. No entanto, é importante entender que, como explica Dulce, planejar não é definir tudo o que vamos fazer, mas sim o que queremos alcançar. “A partir daí, pode-se estabelecer linhas mestras e manter-se flexível para mudar os métodos tantas vezes quantas forem necessárias, sem perder os propósitos de vista”, analisa.

Ou seja, depois de fazer seu planejamento, você não deve ter medo de precisar mudar algumas rotas. É importante, sim, imaginar qual caminho deverá ser seguido, mas é necessário ter em mente que nem sempre as coisas saem como planejamos, e aí é preciso rever as metas e objetivos.

 

Basta só planejar?

Você deve concordar que, para conseguir alcançar metas, objetivos e, até mesmo, a felicidade plena, não basta apenas fazer um planejamento caprichado e completo, afinal, ele não sai do papel sozinho. No entanto, pode ser que você não saiba por onde começar, e é aí que as dicas de nossos consultores podem ajudá-lo.

 

Depois de fazer a avaliação de 2009 e o planejamento para 2010, Meiry sugere que você descarte o que não deseja mais – objetos, roupas, papéis, pensamentos, sentimentos, mágoas, angústias, hábitos e vícios –, pois ela acredita que o fim do ano é um ótimo momento para renovar nossa forma de nos relacionarmos com a vida. E, descartando e reciclando tudo o que não serve mais, você consegue fazer isso.

 

Para Wana, acreditar no que se planejou e ter atitudes, ou seja, buscar o que se deseja, são fatores fundamentais para o sucesso do planejamento que você fez. “Nada de desanimar na primeira curva. Siga adiante que, com certeza, coisas melhores virão”, garante.

 

Dulce afirma que “a única receita que existe é viver o momento presente. Ficar se preocupando demais com o que já passou e o que está por vir não muda em nada nosso presente, já que é nesse momento que fazemos as grandes escolhas de nossas vidas. Por isso, é importante estarmos conscientes de como e com o que gastaremos nosso dia de hoje. Portanto, para que o amanhã seja melhor e o planejamento funcione, cuide do hoje”. E Tommy sugere que você agradeça o que conquistar, comemore cada vitória e reflita sempre sobre o que fez e o que vai fazer. Esse é o caminho.

 

Aproveite o restante de 2009 para fazer tudo isso. Assim, 2010 tende a ser muito mais proveitoso.

 

Planejamento na prática

A pizza da vida funciona bem na prática, mas você pode ter sentido falta de formas de planejamento mais práticas. Por isso, Meiry aconselha:

  • Antes de realizar o planejamento, faça um exercício de introspecção, perguntando a si mesmo o que você realmente gosta de fazer na vida e se isso traz algum benefício para mais alguém. A partir daí, você sabe o que deve ser colocado ou não nesse planejamento.
  • Tente ser objetivo. Quanto mais for assim, mais nítido será seu alvo, metas e objetivos. Seu planejamento se torna mais palpável dessa forma.
  • Evite fazer uma coisa pensando em outra. Essa é a pior forma de traição. Concentre-se em determinado ponto que quer colocar no seu planejamento e siga com ele até concluí-lo. Assim, você cria metas mais coesas.
  • Depois de feito o planejamento, viva cada momento intensamente, sem se preocupar se está seguindo à risca o que foi planejado, apenas atuando para que as metas estabelecidas sejam cumpridas. Como já foi dito, é possível rever o trajeto durante a caminhada.
  • Prepare-se para receber e comemorar suas conquistas. Seguindo esses passos, elas com certeza acontecerão!

 

Motiva Plus

Acesse o site www.motivaonline.com.br e baixe os materiais citados nesta matéria. Basta clicar na seção Motiva Plus e, em seguida, baixar os arquivos Lista de planejamento e Pizza da vida.

 

Para saber mais:

Livro: O processo da pérola

Autor: Tommy Nelson

Editora: Saraiva

 

Visite os sites:

www.meirykamia.com.br

www.tommynelson.com.br

www.work.com.br

www.ricardoxavier.com.br

www.hvalue.com.br

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima