Quanto custa?

Um menino, com voz tímida e os olhos cheios de admiração, pergunta ao pai, quando este retorna do trabalho: Um menino, com voz tímida e os olhos cheios de admiração, pergunta ao pai, quando este retorna do trabalho:

? Pai, quanto o senhor ganha por hora?

O pai, num gesto severo, responde:

? Meu filho, isto nem a sua mãe sabe. Por isso, não me amole, estou cansado!

O filho insiste:

? Mas papai, por favor, diga, quanto o senhor ganha por hora?

A resposta foi: ?Três reais?. Em seguida, o filho novamente perguntou:

? Então, papai, o senhor poderia me emprestar um real?

O pai, claramente irritado, disse:

? Quer dizer que essa era a razão de querer saber quanto eu ganho? Vá dormir e não me perturbe mais!

Já era noite quando o pai começou a pensar no que havia acontecido e sentiu-se culpado. Talvez, quem sabe, o filho precisasse comprar algo. Querendo aliviar sua consciência doída, foi até o quarto do menino e, em voz baixa, perguntou:

? Filho, está dormindo?

? Não, papai! – o garoto respondeu sonolento.

? Olha, aqui está o dinheiro que me pediu. Um real.

? Muito obrigado, papai! – disse o filho, levantando-se rapidamente e retirando mais dois reais de uma caixinha que estava sob a cama. – Agora já tenho três reais. Será que você poderia me vender uma hora para ficar comigo?

Frase: ?O filho é o nosso coração que sai para outro corpo? ? Afrânio Peixoto

Texto circulando na Internet. Autor desconhecido

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima