Quem deve pagar a conta quando o consumidor dá o calote: patrão ou empregado?

Conheça a opinião de nossos leitores sobre a inadimplência dos clientes Ninguém deseja ter cliente inadimplente. Nem o vendedor nem o chefe. No entanto, às vezes, um cliente caloteiro aparece e é preciso saber lidar com a situação. Na seção Opinião deste mês, perguntamos aos nossos leitores de quem eles acham que é a responsabilidade pela conta não paga. Aqui, você confere as melhores respostas.

?Acredito que há vários fatores envolvidos. Se a empresa tem regras claras para concessão de crédito e o vendedor as descumpriu, por exemplo: aceitou um cheque para pagamento, fora das regras, quem deve pagar pelo não cumprimento das normas é ele. Agora, caso os procedimentos foram corretos por parte dele e o departamento de crédito autorizou a venda, ele não tem culpa nem deve pagar pelo prejuízo. Mas uma coisa eu penso que deveria ser feita: se a companhia não recebeu o pagamento total da compra, ela não pode ser obrigada a pagar a comissão do vendedor ? penso que é uma parceria na qual ambos têm de ganhar ou suportar o calote.?
Daniel Wagner

?Acredito que vendedor e empresa têm a mesma responsabilidade. A companhia deve ser cautelosa ao analisar o cliente e liberar o crédito, e o vendedor deve assumir a venda e ajudar a empresa a recuperar o valor da conta não paga pelo consumidor, ajudando a intermediar o recebimento do valor.?
Jane T. Lennert Rammé

?Eu sou a favor que o prejuízo seja rachado entre o empresário e o vendedor, pois ambos lucrarão com a venda.?
Mauricio Leite

?Há 22 anos trabalho em uma empresa atacadista com mais de 3 mil itens para supermercado, padaria, restaurante, etc. Se faço uma venda e, depois de faturada, o cliente não paga, quem paga somos nós, vendedores. Nosso salário é bloqueado e também perdemos prêmios, como: cobertura de cota, atendimento, mix, lucratividade e valor agregado. Para recebermos o pagamento, temos de estar em dia, não podemos ter nenhuma inadimplência!?
Marcos Lira

?Acredito que nessa situação quem deve assumir o prejuízo é o patrão. A função do vendedor é vender, e não analisar cadastro financeiro. Por isso, mesmo que exista departamento financeiro e de análise de crédito, seria muito cômodo para um empresário vender sem se preocupar se vai receber ou não, afinal, pode descontar do vendedor. Minha opinião em relação a esse assunto é firme: a responsabilidade é do patrão, da empresa.?
Tayllor Barcellos

?O problema do calote em Portugal já foi muito grande, mas, com o tempo, as empresas foram adaptando novas formas de crédito. Para evitá-lo, praticamos o cheque pré-datado. Oferecemos facilidade de pagamento, porém o cliente tem de fazer seis cheques pré-datados para quitação de um crédito de seis meses. Esse sistema funciona com valores muitos pequenos ou grandes e o cliente também não paga juros. Isso resolve bastante a questão dos calotes, pois quem quer comprar a crédito precisa ter cheques bancários. Desse modo, nem o vendedor nem a empresa serão responsáveis, mas quem contraiu a despesa. Esse tipo de garantia minimiza o risco e, em caso de descumprimento, uma ação judicial rápida vai buscar os bens para pagamento. Assim, o vendedor fez sua venda e cobrança também no ato da venda ou entrega.?
Vitor Rita

?Na minha opinião, quem deve pagar a conta é o empresário, porque ele é a pessoa jurídica, ou seja, foi com ele que o cliente fez o negócio. O vendedor deve ser bem treinado para que isso não aconteça, mas treinamento também não é garantia de que o cliente vai ou não dar calote.?
Luiza Tereza Bolognesi

?Em minha empresa, vivíamos esse impasse. No início das atividades, quando um cliente trazia dificuldades para quitar sua dívida, a empresa e o vendedor responsável pela venda demoravam muito até resolver o problema. A solução aplicada foi a seguinte: o vendedor passou a escolher que tipo de comissão queria receber. Com adicional ou normal. O adicional de 5% na comissão fazia com que o vendedor arcasse com as dívidas do cliente. Já a comissão pura e simples fazia dele apenas um parceiro na cobrança, sem ter a responsabilidade de quitar a dívida. Essa atitude fez com que todos soubessem a sua responsabilidade diante do problema quando este acontecia.?
Leonardo de Lima Balista

?No meu caso, como representante comercial, acredito que a responsabilidade do calote é da companhia. O papel do representante é vender, observando sempre, é claro, a idoneidade e histórico do consumidor. A aprovação do cadastro e crédito é da empresa. Uma vez aprovado, o representante não pode se responsabilizar pelo calote, até porque isso faz parte do jogo. Infelizmente, não temos garantia de que um bom cliente hoje será eternamente um bom pagador.?
Paulo Henrique Zolini Gomes da Silva

Na web: quer ler o texto do Raúl Candeloro que deu origem a essa discussão? Acesse a seção VM Plus do site VendaMais ( www.vendamais.com.br) e confira!

Quer ter uma resposta sua publicada aqui? Assine a e-zine VendaMais, através de nosso site e fique atento aos textos do Raúl. A pergunta do mês aparece por lá!

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima