Reencontre sua capacidade de sorrir

Não se nasce feliz ou infeliz. Aprende-se a ser feliz pela maneira como se confronta a realidade da vida. Não se nasce feliz ou infeliz. Aprende-se a ser feliz pela maneira como se confronta a realidade da vida. A felicidade da pessoa não está ligada à ausência de problemas ou de adversidades, mas à sua capacidade de enfrentá-los positivamente. Seguem aqui algumas regras para se viver bem-humorado.

· Não se aborreça com coisas pequenas;

· Todas as coisas são pequenas; e

· Pequenos problemas só atingem mentes pequenas.

Se observarmos estas regras, descobriremos o quanto elas nos auxiliarão no enfrentamento dos nossos problemas diários.

O filósofo alemão Emmanuel Kant dizia: ?Para compensar a miséria humana, Deus proveu o homem de três dons: o sono, o sorriso e a esperança?.

O sorriso pode brotar das lembranças e pensamentos que ocupam a mente, ou de situações engraçadas que a pessoa vivencie. Há tantas razões para chorar como para rir na vida e, no fundo, há sempre um pouco de comédia em nossas tragédias e um pouco de tragédia em nossas comédias. O bom humor ajuda a adoçar os momentos amargos, amenizar os desapontamentos e manter a realidade em sua devida proporção.

O sorriso é um remédio, não apenas para o espírito, mas também para o corpo. Ele libera das tensões internas e carrega a bateria para os dias sombrios. Recentemente, eu li num calendário a seguinte mensagem: ?Um sorriso custa muito pouco. Ninguém é tão rico que não o possa receber, e ninguém é tão pobre que não o possa dar. Se você encontrar alguém que não lhe sorri, seja generoso e sorria para ele, porque ninguém necessita tanto de um sorriso como aquele que não consegue dá-lo aos outros?.

No século 18, Sebastião Chamfort (O Fruto do Espírito, de Charles Hembree) escreveu: ?O dia mais desperdiçado é aquele em que não rimos?. Quantos dias você tem desperdiçado ultimamente? Qual foi a última vez que você deu uma boa risada?

O editor e escritor Norman Cousins explicou em Anatomia de uma doença como o riso o ajudou a superar a dor da sua grave doença no sistema endócrino: ?Eu fiz a maravilhosa descoberta que dez minutos dando umas boas gargalhadas tinham um efeito anestésico, me dando pelo menos duas horas de sono sem dor?. Parte da terapia (risoterapia?) que ele criou para si consistia em assistir a filmes de comédia e ler livros criativos de auto-ajuda. Norman Cousins só observou um efeito negativo das suas risadas quando estava no hospital ? incomodavam os outros pacientes. Sem dúvida porque eles não estavam rindo. Pena que ele não tivesse um telão, pois compartilhar risadas é ainda melhor do que rir sozinho. Duas risadas ? assim como duas cabeças ? é melhor do que uma.

Lembre-se: o humor é uma dádiva tanto para aquele que recebe quanto para aquele que concede. Um bom riso é relaxante, faz com que nossas emoções venham à tona. Aliás, os especialistas dizem que as pessoas sorriem em média quinze vezes por dia. Isso parece muito ou pouco para você?

Frase: ?Alcançou o sucesso aquele que viveu bem, riu com freqüência e amou muito? ? Bessie Stanley

Para Saber Mais: Faça Cada Dia Valer a Pena, de Alex Cardoso (MK Editora). Visite www.mkeditora.com.br

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima