Retenção de talentos nos call centers

Defina um plano de incentivo, crie um clima motivador e aprenda a reduzir o turnover em sua equipe

O setor de telemarketing/call center/contact center é um dos maiores empregadores do Brasil, tem muitas ofertas de emprego e o profissional tende a aceitar, imediatamente, qualquer remuneração mais atraente. Por ser um segmento relativamente novo, o ambiente de trabalho depende de vários fatores, como: clima organizacional, nível de informações disponibilizadas de forma rápida e constante, programa de benefícios, liderança, processos mapeados, boa tecnologia tanto de telefonia quanto de informática, sistema de gravação sendo utilizado de forma a permitir o desenvolvimento dos operadores e não a punição, entre outros.

 

Tudo isso pode evitar estresse e sobrecarga de retrabalhos nos call centers que deixam a desejar ou simplesmente não são feitos pelas empresas, podendo causar evasão. Outro fator é o alto índice de jovens entre 18 e 25 anos no primeiro emprego e universitários que buscam seus ideais de profissão condizentes com o que estão estudando.

 

O fato é que não há como motivar um funcionário em um ambiente organizacional, porque ninguém motiva ninguém a fazer nada senão a própria pessoa. A motivação, ao contrário do incentivo, traz um resultado muito assertivo uma vez que atende às expectativas de cada profissional. O que deve ser feito é criar um clima que gere motivação.

 

As empresas estão lidando com essa realidade criando RHs estratégicos, hoje, o papel desse setor dentro de um call center é sinônimo de gestão de talentos humanos em alinhamento com as estratégias da organização para criar e manter um ambiente que conduza a excelência do desempenho, a plena participação e o crescimento pessoal e organizacional, além de examinar as atividades e processos relativos à gestão de pessoas a fim de serem melhor avaliados e contribuir com os bons resultados da companhia.

 

É possível reter esses talentos com metas de redução de turnover, remuneração mais justa, programas de incentivos, criação de caixa coletora de sugestões com brinde para quem tiver a melhor ideia, treinamentos presenciais e e-learning.

 

O melhor caminho é traçar um plano de incentivos, veja, a seguir, algumas dicas:

  • Desenvolva um plano – Crie um plano de incentivos que seja simples, direto e que ofereça algo de útil para os vencedores. Pessoas diferentes são motivadas por coisas diferentes.
  • Seja ágil – Quanto mais longe um fato estiver da recompensa, menor será o impacto quanto à motivação. Não demore nem deixe para depois. Diga em que acertaram e porque isso ajudará a empresa.
  • Seja específico – Deixe claro a todos o motivo da premiação ou qualquer congratulação.
  • Ouça os participantes – Pergunte quais são as principais dificuldades e envolva os participantes na busca de soluções. As pessoas se desmotivam quando não se interessam por elas.
  • Repreensões – É uma forma de feedback. Seja “duro” com o desempenho e não com as pessoas.
  • Elogie – Perceba as pessoas fazendo algo certo, seja específico com os elogios e valorize as atitudes positivas.
  • Seja um Pesquisador – Pergunte a eles: “O que motiva você?” “Que tipo de coisa gosta de fazer?” “O que realmente lhe entusiasma?”
  • Faça com que eles persistam – Isso se consegue através de acompanhamento, reconhecimento, organização, delegação e boa comunicação.
  • Crie um clima que gere motivação – Veja como:

–         Promova encontros fora do ambiente de trabalho, fortalecendo a integração da equipe.

–         Faça reuniões periódicas para alinhar informações.

–         Realize gincanas.

–         Valorize as competências dos colaboradores.

–         Elabore metas relâmpago.

–         Esteja sempre acessível.

–         Procure livros e artigos interessantes, incentivando o hábito da leitura.

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima