Se eu fosse você…

Resolvendo problemas alheios O que você faria se tivesse de resolver um problema alheio? Como tomaria as devidas atitudes? A dinâmica deste mês traz a oportunidade de cada pessoa refletir sobre as tomadas de decisões e também irá ajudá-las tanto em suas empresas quanto na vida pessoal. Aplique-a e aproveite para descobrir inúmeras maneiras de reagir às situações.

Resumo: as pessoas encenam como acham que seus parceiros se comportariam em uma certa situação.

Objetivos: autopercepção, feedback, comunicação não-verbal, formação de equipes, assertividade.

Materiais: nenhum.

Procedimento:

» Divida os participantes em duplas e peça para que os membros de cada uma se intitulem A e B.
» O membro B deve encenar como o A agiria numa certa situação (exemplos a seguir). Depois, terão 10 minutos para discutir.
» O B recebe orientações de A sobre como o A realmente agiria e, então, modifica seus atos. » Invertem-se os papéis.
» Discute-se a experiência entre os pares e, depois, com o grupo inteiro. Concentre-se nas lições pertinentes.
Situações:

» Como reage ao receber telefonemas insistentes por engano.
» Como entra atrasado numa reunião social ou de trabalho.
» Como reage à possibilidade de uma visita indesejada de sogros e cunhados, por exemplo, em um feriado prolongado.
» Como reage quando um(a) amigo(a) que lhe mostra roupas horríveis e pergunta se gostou.
» Como dá más notícias a um amigo.
» Como se comporta durante uma discussão com alguém de quem gosta muito.
» Como reconhece que estava errado.
» Como reage quando fazem uma boa ou má avaliação de seu desempenho.
» Como reage ao receber um copo sujo num bar.
» Como reage ao ver uma injustiça.

Observação: os grupos podem criar situações de acordo com suas necessidades.

Para saber mais:
Livro: 150 jogos de treinamento
Autor: Andy Kirby
Editora: T&D Editora

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima