Seja um campeão de vendas

Vender não é para qualquer um, embora todos nós somos vendedores, diariamente, de pelo menos nossos planos, idéias, entusiasmos etc. Sem isso, seremos eternamente uma chama apagada para o mundo. Muitos têm aptidão para vendas, mas poucos são os que investem em si próprios. O objetivo de todo profissional é o sucesso e não poderia ser diferente com as pessoa que trabalham com vendas. Entretanto, nem todas elas dedicam o mesmo empenho para buscá-lo. Umas são mais comprometidas, mais esforçadas, cheias de garra, enquanto outras optam pelo crescimento na sombra dos clientes. Estas não se dão conta de que clientes são como árvores que só dão bons frutos quando bem cuidadas diariamente.

Vender não é para qualquer um, embora todos nós somos vendedores, diariamente, de pelo menos nossos planos, idéias, entusiasmos etc. Sem isso, seremos eternamente uma chama apagada para o mundo. Muitos têm aptidão para vendas, mas poucos são os que investem em si próprios. A maioria quer exerce-la ainda na base do amadorismo. O resultado não pode ser diferente: a frustração com a profissão.

Para aqueles que querem crescer profissionalmente, entrando para o time dos campeões, sugerimos que sigam os passos abaixo:

· Relacionamento: É fundamental para o sucesso em vendas, gostar de pessoas. Ter habilidade de se inter-relacionar, sem o quê fica difícil seguir em frente. Demonstrar alegria e entusiasmo ao contatar o cliente, contagiando também o ambiente com esse clima. Sem dúvida alguma, o cliente corresponderá. Comunique- se de modo natural e em sintonia com o cliente, usando uma linguagem adequada e objetiva.

· Conhecimento: Invista em si próprio. Não espere somente pela iniciativa da empresa, sobretudo no momento atual, de redução de gastos. Participe de cursos, seminários, palestras, feiras etc. Assine revistas especializadas do ramo. Leia livros, assista a fitas (vendas, motivação, atendimento) e discuta com os colegas. Tire dúvidas com os mais experientes. Prepare-se ao máximo. Aprenda tudo sobre seus produtos, concorrentes, mercado, de modo que seu cliente não fique com dúvidas ou, pior, saiba mais do que você sobre a sua especialidade. É função do vendedor ser consultor e ponto de apoio do cliente. Lembre-se: o conhecimento é um capital que ninguém rouba de nós. É ele que faz a diferença entre as pessoas.

· Planejamento: Planeje diariamente o seu trabalho, seja vendedor externo ou interno. Se externo, faça um roteiro das visitas; coloque todo o material de trabalho em ordem; faça um agendamento das visitas por telefone etc. Ganhe tempo, economia e produtividade. Se for interno, planeje a recepção dos clientes; veja a posição dos estoques, vitrines, confira os preços etc. Não decepcione o cliente, fazendo com que ele corra da sua loja para a do concorrente.

· Faça pré-venda: A venda é uma conseqüência de uma boa pré-venda. Portanto, antes de entrar em contato com os prospects e clientes, pesquise e colha o máximo de informações sobre eles. Suas necessidades, desejos, problemas, expectativas, o perfil de cada um etc. Veja como está se comportando o mercado, suas tendências, oportunidades, ameaças. E o concorrente, como está? Como podemos anular suas ações? Quais os pontos fortes e fracos dele? Ou seja, transforme informações em resultados.

· Na hora da verdade, o que fazer?: Esse é um momento ímpar. Estamos frente a frente com o nosso alvo e não podemos perder a chance de mostrar que estamos ali para satisfaze-lo. Não esqueça de uma boa abordagem, com um cumprimento cordial, acompanhado de um sorriso alegre e natural. Deixe-o à vontade, não o espante. Em seguida faça perguntas abertas e ouça com bastante atenção, de modo a encaixar os benefícios do produto/serviço às necessidades do cliente. Apresente o produto com entusiasmo e emoção para que o cliente crie o desejo e fique convencido da necessidade de adquiri-lo. Não seja um especialista em características de produtos, mas sim de benefícios extras que agregam valor à sua oferta: utilidade, assistência técnica, garantia, atendimento, qualidade, tratamento etc. Mostre que você está ali para servi-lo e não para se servir dele. Faça com que o cliente confie e goste de você. O resultado? Não há dúvidas de que é um fechamento natural da venda. É o coroamento decorrente do bom trabalho. É o gol de ouro.

· E o pós-venda?: É um trabalho tão importante quanto os demais desse processo. E infelizmente é esquecido por grande parte dos vendedores, os quais ficam depois a contar estrelas no céu. Muitos “profissionais” não percebem que é essa a oportunidade para se conquistar o cliente. É o fruto desse trabalho que definirá se o cliente volta ou não a fazer negócio com a nossa empresa. É um trabalho tão simples e gostoso de se fazer.
Portanto, se você quer ter sucesso em vendas, não abandone o cliente na hora em que ele mais precisa de você e nem deixe que ele o abandone. Comprometa-se com ele. Verifique o seu nível de satisfação. O produto foi útil para ele? Atendeu suas necessidades? Chegou em tempo hábil? Está necessitando de alguma assistência técnica? E assim por diante.
Por outro lado, se houver alguma reclamação, pelo amor de Deus, atenda imediatamente. Não deixe para amanhã o que se pode fazer hoje, pois as conseqüências podem ser desastrosas. É uma grande oportunidade para se estreitar relacionamentos e fazer com que eles se tornem duradouros.

· Importante: Isso é um trabalho de profissional, que requer dedicação e competência. Todavia, antes do fechamento da venda pode ocorrer alguma resistência do cliente, que é natural. Não se intimide e nem fique assustado, pois isso ocorre com todo bom profissional. Encare com naturalidade, remova as objeções e marque o seu gol com a assinatura do cliente no pedido.

Amigo vendedor, seguindo esses passos, com empenho e dedicação, o resultado só pode ser esse: BOAS VENDAS e o lugar mais alto do pódio “CAMPEÃÃÃÃO!”

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima