Sonhar é preciso

São inúmeras as razões para sonharmos. Uma delas, é que os sonhos relacionam-se intimamente com a criança que habita em todos nós: ingênua, confiante, alegre, espontânea. Lembra-se da sua infância? Naqueles tempos os obstáculos que o separavam do que desejava, eram apenas isso, obstáculos, e não muralhas intransponíveis. São inúmeras as razões para sonharmos. Uma delas, é que os sonhos relacionam-se intimamente com a criança que habita em todos nós: ingênua, confiante, alegre, espontânea.

Lembra-se da sua infância? Naqueles tempos os obstáculos que o separavam do que desejava, eram apenas isso, obstáculos, e não muralhas intransponíveis. Por maiores que fossem as dificuldades.

Assim, com a sua vivacidade e criatividade, arquitetava engenhosas maneiras para conquistar seus objetivos. E, não raras vezes, surpreendia os adultos ao alcançar o que, a princípio, parecia-lhes improvável. Porque já não lembravam o poder que tem um sonho cultivado com carinho, dia após dia.

É que com o passar dos anos, junto com as experiências e sabedoria que adquirimos, incorporamos um certo negativismo, uma porção de desconfiança e um aguçado senso de realidade. O que leva alguns de nós a deixar de sonhar, ao confundir sonho com fantasia.

Claro que nem sempre você conseguia o que queria, mas as crianças costumam manter-se fiéis aos sonhos que têm, talvez por isso, seus olhinhos brilhem tanto. Para elas, uma impossibilidade presente não as impede de antever as delícias que haverão de curtir quando finalmente o grande momento chegar. É só uma questão de tempo, elas têm certeza disso. Então, mantém acesa a esperança que aquece o coração e torna mais gostosa a vida.

Certamente, há momentos em que se deixar levar pela imaginação e adentrar num mundo de fantasias é saudável e estimulante. Mas, sonhar é bem diferente e mais recompensador, porque os sonhos ocorrem no mundo real e se realizam.

Quando você alimenta sonhos válidos e compromete-se com eles, desperta o seu lado criança, cresce em energia, entusiasmo, alegria, atividade, simpatia e, envolve todos a sua volta com a meta pretendida. Você sente vontade de se esticar, dar o melhor de si e atingir o máximo do seu potencial. Vê o mundo com olhos mais otimistas, atrai pessoas positivas, empreendedoras e amigas, excelentes companhias.

Sim, sonhar é preciso porque rejuvenesce, revigora e nos torna mais humanos, generosos e muito mais produtivos. E, o mundo depende dos sonhadores para progredir e tornar-se um lugar melhor para se viver, pois tudo o que foi criado pelo homem iniciou como uma idéia – um sonho na mente de alguém.

Portanto, as suas idéias também poderão transformar-se em produtos de primeira grandeza, gerar milhões de empregos e lhe proporcionar fama e fortuna.

Será isto uma ilusão?

O que dizer do legado dos que ousaram sonhar com o automóvel, o avião, a conquista do espaço, a cura para inúmeras doenças e tantas maravilhas mais?

É verdade que só a riqueza e uma vida de conforto e luxo não garantem a felicidade. Por outro lado, mediocridade, pobreza e dívidas jamais tornarão alguém melhor.

O mundo está carente de sonhadores. Daqueles que têm a convicção e o carisma que só a visão privilegiada de um sonho verdadeiro irradia, ilumina e faz acontecer.

Sim, sonhar é preciso, porque os sonhos que você tornar realidade farão uma grande diferença. Podem vir a salvar vidas, fomentar a esperança, ampliar horizontes, inspirar pessoas, podem promover a paz, a união e a fraternidade.

Será isto exagero?

Madre Teresa de Calcutá sonhou em tirar da rua os miseráveis e proporcionar-lhes dignidade, ao menos nos momentos finais. Missão considerada impossível, mas ela o fez e muito mais.

Sim, sonhar é preciso. E é de graça, só faz bem e não tem contra-indicações. Então por que você perderia esta oportunidade para voltar a sonhar? É tudo tão simples e natural, basta ligar-se ao que vem de dentro e se deixar levar pela imaginação.

Relaxe! Lembre-se de um desejo especial e o seu lado criança irá despertar, possibilitando ao adulto sentir o quanto é bom sonhar

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima