Sortudos por natureza

Cientistas britânicos ligados à Universidade de Hertfordshire começaram um estudo para descobrir se as pessoas realmente podem nascer predestinadas para a sorte. Estudos anteriores mostraram que os chamados sortudos tendem a ser otimistas e sempre prontos a aproveitar boas oportunidades. Sortudos por natureza Cientistas britânicos ligados à Universidade de Hertfordshire começaram um estudo para descobrir se as pessoas realmente podem nascer predestinadas para a sorte. Estudos anteriores mostraram que os chamados sortudos tendem a ser otimistas e sempre prontos a aproveitar boas oportunidades. Agora os pesquisadores vão cruzar informações sobre estas características de diversas pessoas e sua data de nascimento para ver se existe alguma relação.

Você merece

Quando você tem uma idéia no trabalho que promete ser um sucesso, tente essas dicas para garantir que irá receber os créditos por elas:

· Pense em tudo. Antes de contar suas idéias para alguém, pense sobre as consequências.

· Torne público. Tente propor mudanças quando outras pessoas estiverem na sala, ou durante uma reunião. Você poderá contar com testemunhas.

· Informe seu chefe. Se a idéia for aceita, faça com que seu chefe saiba de uma forma simples e direta, como um e-mail. Essa poderá ser sua documentação.

Qualidade de vida

Philip Dormer Stanhope, conde de Chesterfield, já dizia em pleno século XVIII: ?Uma ceia leve, uma boa noite de sono e uma bela manhã, às vezes já transformaram em herói, o mesmo homem que, com uma indigestão, uma noite maldormida e uma manhã chuvosa teria se mostrado um covarde?.

Café inocentado

O café sempre foi acusado de contribuir para inúmeros males à saúde, porém, novas pesquisas começam a contestar antigas descobertas. Assim:

· Enquanto hábitos como o fumo e o consumo excessivo de álcool ainda representam riscos de um ataque cardíaco, o café deixou de figurar nesta lista.

· Embora ainda existam controvérsias sobre a ligação entre café e osteoporose, estudos recentes mostram que não há indicativos de riscos mesmo entre os consumidores mais descontrolados.

· Um estudo descobriu que pessoas que se abstiveram de consumir café são de três a quatro vezes mais propensas a desenvolver o Mal de Parkinson do que aqueles que tomam entre uma e quatro xícaras por dia.

Adaptado do Wellness Letter (U. C. Berkeley)

Conteúdos Relacionados

Dica número 1 de liderança em vendas

Volta e meia recebo perguntas como esta: “Raul, se você pudesse me dar só uma dica sobre como ser um gestor melhor, qual seria?”

Procuro evitar responder questionamentos como este porque eles costumam vir de alguém que está procurando um atalho ou uma pílula mágica, mas a verdade é que sempre existe mais de uma opção para resolver um problema ou desafio – por isso mesmo, buscar uma única ferramenta milagrosa raramente traz os melhores resultados.

Continuar lendo
Rolar para cima