Use seus pontos fortes para atingir seus objetivos

Conquiste sua promoção

Sabe qual é o primeiro passo para conquistar aquela tão sonhada promoção? Conhecer e melhorar seus pontos fortes. Baseado em pesquisas realizadas pelo Instituto Gallup, com mais de 2 milhões de pessoas, Marcus Buckingham e Donald O. Clifton, Ph.D. em psicologia, descobriram que profissionais bem-sucedidos compartilham um segredo simples: usam sua energia para aprimorar aquilo que fazem melhor, deixando para segundo plano o ponto fraco. Assim, tornam-se felizes, competentes e, principalmente, bem-sucedidos.

Para explicar o conceito, os autores utilizaram o exemplo do golfista Tiger Woods que atingiu o sucesso porque entendeu o recado. Woods é, sem dúvida, um dos maiores fenômenos da história do golfe, considerado por muitos um dos melhores jogadores de todos os tempos. Ele tem como ponto forte uma extraordinária tacada longa, porém as curtas eram inconsistentes se comparadas a de outros profissionais de primeira linha. O golfista sabia que tinha de melhorar e, com seu técnico Butch Harmon, fez um treinamento de controle de danos para que seu ponto fraco não atrapalhasse os fortes. O objetivo foi atingido e ele voltou suas atenções para o trabalho mais importante e criativo: aperfeiçoar e refinar seu ponto forte, o swing. Ele melhorou o que já era imbatível.

Você sabe qual é o seu ponto forte?
Se você realmente quer descobrir seus talentos, preste atenção nas suas reações imediatas. Essas reações, em períodos de muita tensão, revelam os talentos dominantes.

No livro Descubra seus pontos fortes, os autores descrevem uma típica situação do dia a dia que ajuda a identificar o talento dominante: “Procure se lembrar da última vez em que um de seus colaboradores lhe disse que não poderia ir trabalhar porque o filho estava doente. Qual foi seu primeiro pensamento? Caso você tenha imediatamente se concentrado na criança doente, perguntando qual era o problema e quem iria cuidar dela, isso pode ser um indício de que a empatia é um de seus mais fortes temas de talento. Mas se sua mente instintivamente saltou para a questão de saber quem substituiria o funcionário que faltou, o tema organização – capacidade de lidar com muitas variáveis ao mesmo tempo – é provavelmente o dominante. Cada uma dessas reações imediatas implica distintos padrões de comportamento e, portanto, dá pistas sobre seus talentos”.

Os autores ainda dão mais três pistas que podem ser descobertas pelas suas reações espontâneas: desejos, aprendizado rápido e satisfação. Se você quer descobrir seus talentos, deve prestar atenção neles!

Gente que apostou no ponto forte!
Confira os depoimentos de alguns profissionais bem-sucedidos que utilizaram os pontos fortes para ganhar destaque na empresa.

Fui promovido!
Guilherme Stival iniciou sua carreira no Grupo Educacional Dom Bosco, em 2002, como estagiário e, em pouco tempo, ele aproveitou as oportunidades para crescer na empresa. Atualmente, é professor adjunto das disciplinas de ética profissional em educação física e metodologia da pesquisa científica, membro da comissão própria de avaliação e da comissão disciplinar e também atua como coordenador de educação a distância. “Sou uma pessoa dinâmica que se adapta bem às situações de estresse, tomando decisões rápidas para dar continuidade aos trabalhos. Evito aspectos emocionais nas tomadas de decisões. Relevo as questões para me relacionar bem com meus pares, desenvolvo relacionamentos duradouros e acredito que isso auxiliou meu crescimento na empresa.”

Fui promovida!
Pamela Zanoni iniciou sua carreira na Casa Bancária como auxiliar do departamento financeiro. Em pouco tempo, foi promovida para supervisora interna do departamento de financiamentos de veículos. “Meu interesse e comprometimento são meus pontos fortes. Aprendi rápido os procedimentos e processos do departamento. Isso fez com que eu conquistasse minha promoção, embora também acarrete responsabilidades.”

Fui promovido!
Amarildo Nogueira começou sua carreira profissional aos 14 anos como serralheiro. Hoje, ele é diretor de uma consultoria empresarial e professor de graduação em sistemas da informação. A perseverança e estudo são, sem dúvida, os pontos fortes de Nogueira. Depois de algum tempo de formado, percebi que não teria oportunidade de melhorar profissionalmente se não cursasse um MBA. É preciso acreditar no que desejamos e estabelecer metas.”

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima