Vai ser namoro ou amizade?

Atendimento bem-feito pode levar à fidelização. E fidelização significa mais vendas! Atenda bem seus clientes e venda mais Todos gostamos de fazer amigos. Bons amigos, diga-se de passagem. Os clientes também desejam realizar boas compras com bons amigos.

Para eles, amigos são aqueles que realmente se interessam em atender às suas necessidades e tratá-los com a devida consideração, respeitando os valores pessoais de cada um.

Cumprir prazos e condições combinados, apresentar uma boa pós-venda e lembrar o nome quando o cliente retornar ao local são atitudes que representam um presente maravilhoso para ele, pois o vendedor ou consultor de vendas que o atendeu passa a fazer parte de sua rede de relacionamentos confiáveis, já que todos os procedimentos foram cumpridos e a cordialidade e proatividade foram manifestadas adequadamente.

Segundo a American Management Association, 65% das vendas são realizadas devido ao retorno de clientes satisfeitos e fiéis ao atendimento e contato feitos anteriormente.

É muito mais simples para os clientes retornarem ao local onde já estão acostumados que buscarem novos locais de compra, pois se sentem seguros, são bem tratados e têm à disposição os produtos e serviços almejados.

Os clientes satisfeitos indicam o serviço ou empresa para cinco novos possíveis consumidores, aproximadamente, enquanto os insatisfeitos se queixam, em média, para até 30 pessoas, que utilizarão as experiências negativas anteriores de seus conhecidos para evitarem comprar no estabelecimento ou aquele produto que foi mal recomendado.

Em contrapartida, em relação às vendas recomendadas positivamente (aquelas cinco pessoas que ouviram bons comentários), torna-se 60% mais fácil de serem concluídas, pois há referências de pessoas que passaram segurança e se tornaram, de certa forma, formadoras de opinião para o cliente.

Somos humanos, logo temos sentimentos. Nossa emoção vive à flor da pele. Os fatores emocionais respondem por até 80% das vendas. Esses fatores podem ser datas de aniversários dos pais, filhos, namorados ou Natal.

Bom humor, carisma, cordialidade e outras situações que causem uma aproximação afetiva com a loja, marca, produto ou profissional de vendas também influenciam nas vendas. Vale lembrar que o consumidor brasileiro é muito carismático, receptivo e gosta de fazer amigos.

Tudo o que os clientes querem é atenção, respeito, cordialidade, compreensão e a segurança de não se sentirem explorados. Desejam realmente criar um relacionamento de amizade. Querem retornar ao local e se sentirem diferenciados e bem-vindos.

Eles buscam um relacionamento mais qualitativo que quantitativo. Afinal, a qualidade irá proporcionar oportunidade de quantidade com os retornos desse cliente e de seus amigos que foram indicados.

É o que ocorre com muitas amizades que se tornam namoro. Primeiro foram alguns passeios, sorrisos e sentimentos em comum, depois a convivência resultou em namoro. Em alguns casos, até em casamento.

Seja como for, mantenha um bom relacionamento com seus clientes e tenha como foco atender às necessidades e interesses deles, pois mais vale um sorriso constante que um único arrependimento.

E, então? Guardadas as devidas proporções em relação ao atendimento, e com uma leve pitada de humor, vai buscar namoro ou se contentar com a amizade?

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima