Vender e manter = manter e vender

Pensar em todo o processo de vendas é fundamental para o sucesso profissional de qualquer vendedor, pois a satisfação do cliente não está apenas no ato da compra. Apesar de parecer fácil o processo da arte de vender é muito complexo. Neste mês, pude vivenciar duas situações que exemplificam bem os pontos positivos e negativos que envolvem um processo de venda e compra.

Na primeira situação, uma determinada pessoa desejava mudar o seu quarto e decidiu comprar um jogo de quarto novo. Aqui vou denominar essa pessoa de cliente feliz I.

Empolgado com a idéia, ele se dirigiu a uma loja que oferecia preço bom, qualidade e modernidade de acordo com a sua necessidade. Após as devidas negociações, que envolvem um venda, o cliente feliz I saiu da loja satisfeito e com a promessa de receber a mercadoria em dois dias.

Após o primeiro dia de espera a ansiedade aumentou e o fantasma da desconfiança começou a rondar sua mente. Já no segundo dia, ele ficou muito satisfeito quando viu o caminhão da loja, em que havia adquirido o jogo de quarto, parado em frente à sua casa.

Para surpresa do nosso cliente feliz I, a loja havia enviado somente o rack e uma parte do guarda-roupa. Nessa altura dos acontecimentos, ele não estava mais tão feliz. Imediatamente, ele ligou para a loja para saber o que havia acontecido e soube (pasmem) que o vendedor havia feito os pedidos de entrega em talões de notas separados. Portanto, cada peça do desejado guarda-roupa chegaria em dias diferentes.

Na segunda situação, o caso foi de uma cliente feliz II, que necessitava muito de um jogo de mesa e cadeiras para sua casa, já que a família iria se reunir, e não havia assentos suficientes para todos.

Decidida a suprir sua necessidade, a nossa cliente feliz II realizou a compra de um jogo de mesa e cadeiras em uma loja que se comprometeu a entregar a mercadoria no dia seguinte. No outro dia, para sua surpresa, logo pela manhã lá estava o caminhão da loja parado em frente à sua casa para entregar o tão desejado jogo de mesa com cadeiras.

Porém, as cadeiras estavam sem os assentos. Quando ela ligou para o vendedor, desejando saber da serventia de cadeiras sem os seus respectivos assentos, o vendedor passou a responsabilidade para a distribuidora. E assim está o caso até hoje.

Conclusão ? Vender exige todo um preparo e esforço por parte do profissional de vendas, porém se ele não tiver a consciência de que a venda vai além das paredes da loja, com certeza não terá muito sucesso no desempenho de sua função.

Lembre-se: não basta vender, é necessário também manter o cliente satisfeito e, acima de tudo, feliz.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima