Visão empreendedora

A vontade humana de conhecer o futuro é antiga. As famosas pitonisas gregas de Delfos atraíram milhares de curiosos. A vontade humana de conhecer o futuro é antiga. As famosas pitonisas gregas de Delfos atraíram milhares de curiosos. Elas enriqueceram fazendo consultas pagas sobre o futuro. Nostradamus dizia ver, em uma bacia com água, diversos eventos futuros. Apesar dos avanços científicos, prever o futuro com um razoável grau de certeza continua sendo uma tarefa impossível. Um antigo provérbio árabe diz: ?Quem afirma que conhece o futuro está mentindo, mesmo se estiver falando a verdade?.

A ciência e a tecnologia avançam rapidamente. Isso aumenta a imprevisibilidade sobre o futuro. As relações de trabalho e emprego serão diferentes. Os escritórios das empresas tendem a diminuir de tamanho. As pessoas prestarão serviços para empresas de todo planeta. Trabalharão nos seus próprios lares ou em estações móveis de trabalho. A relação hierárquica entre empregado e patrão será substituída pela relação profissional-cliente. Esses são alguns exemplos de mudanças. Todos os indícios apontam para transformações mais profundas na maneira como as pessoas pensam, se relacionam, trabalham e se divertem. Quantas pequenas e médias empresas brasileiras estariam preparadas para aproveitar mudanças significativas como essas? Quantos profissionais já começaram a se preparar, em termos de conhecimento e habilidade para enfrentar esse novo estilo de carreiras do futuro?

Sobreviventes ? No mundo dos negócios e na vida pessoal, só sobrevive quem estiver preparado para o que der e vier. Olhar para frente e construir cenários de longo prazo é uma atitude fundamental para empreendedores. Não se trata de usar bola de cristal e de fazer previsões esotéricas. Aqui se fala da necessidade de atitudes empreendedoras na visualização de cenários futuros que permitam refletir, analisar e decidir sobre qual caminho seguir. De atitudes prospectivas que precisam ser incorporadas e exercitadas de forma disciplinada na cultura empresarial.

Antecipar tendências, visualizar oportunidades e ameaças são ações fundamentais para as decisões que precisam ser tomadas agora. Se os cenários forem adequadamente prospectados, a empresa terá mais chances de se preparar para eles e, principalmente, para lucrar com as mudanças. A visão empreendedora de longo prazo sempre leva uma empresa a apostar em tendências e a assumir riscos. Esse procedimento futurista precisa fazer parte da estratégia competitiva de qualquer negócio. Prospectar o futuro é, antes de tudo, uma questão de sobrevivência.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima