Você é notável

Todos queremos ser mentalmente saudáveis. Você também. A medida real da saúde mental é o seu otimismo. Meu objetivo é, com este texto, ensiná-lo a controlar seu pensamento de maneiras específicas que o façam sentir bem em qualquer situação. Todos queremos ser mentalmente saudáveis. Você também. A medida real da saúde mental é o seu otimismo. Meu objetivo é, com este texto, ensiná-lo a controlar seu pensamento de maneiras específicas que o façam sentir bem em qualquer situação.

Controle suas reações e respostas Existem três diferenças básicas nas reações dos otimistas e dos pessimistas. A primeira diferença é que o otimista vê todo revés como temporário, enquanto o pessimista enxerga como permanente. O otimista vê um evento infeliz, como, por exemplo, um pedido de compra que é cancelado como algo temporário, limitado, que não terá impacto no futuro. O pessimista, por outro lado, vê todo evento negativo como permanente, como parte do destino.

Isole o fato A segunda diferença entre otimistas e pessimistas é que o otimista vê as dificuldades como algo específico, enquanto o pessimista vê como generalizado. Isso significa que quando coisas erradas acontecem para o otimista, ele olha aquilo como um incidente isolado, desconectado das outras partes de sua vida. Pessimistas sempre vêem desapontamentos como um balde de água fria que ?molha? todas as áreas de sua vida. Para eles, problemas são indicações de como são ?azarados? e de que ?nada dá certo? para eles.

Não leve a falha para o lado pessoal A terceira diferença entre otimistas e pessimistas é que otimistas vêem eventos como algo independente, enquanto pessimistas levam para o lado pessoal. Quando as coisas vão mal, o otimista tende a ver o problema como resultado de fatores externos, sobre os quais tem pouco controle.

Se o otimista é fechado por outro carro no trânsito, por exemplo, ao invés de irar-se ou indispor-se, ele simplesmente minimiza a importância do evento pensando algo como: ?bem, acho que esse sujeito deve estar num péssimo dia!?

O pessimista, ao contrário, tem a tendência de levar para o lado pessoal. Se o mesmo acontece com ele no trânsito, reagirá como se o outro motorista tivesse agido deliberadamente para perturbá-lo.

Permaneça calmo e objetivo A marca da personalidade completamente madura é a habilidade de ser objetivo e racional quando pego pelas inevitáveis tempestades do cotidiano. Uma pessoa mentalmente saudável tem a habilidade de pensar de uma maneira positiva e otimista, mantendo sua mente calma, clara e completamente sob controle. A personalidade madura é mais relaxada, ciente, e capaz de interpretar eventos mais realisticamente e menos emocionalmente do que uma personalidade imatura. Como resultado, uma pessoa madura exerce um grande senso de controle e influência sobre seu meio, e é muito menos propensa a ficar raivosa, perturbada ou aflita.

Tome distância para enxergar Veja as situações negativas como eventos isolados, causados por fatores externos sobre os quais você tem pouco controle. Simplesmente recuse-se a enxergar o problema como algo permanente, geral ou indicativo de incompetência pessoal.

Resolva pensar como otimista, não importando o que aconteça. Você pode não conseguir controlar o que acontece, mas pode controlar sua reação perante os fatos.

Exercícios Agora, que tal praticar três exercícios para colocar em ação as idéias vistas até aqui? 1 – Relembre continuamente que problemas são temporários, farão parte do passado e nada é tão sério quanto se pensa.

2 – Olhe para cada problema como um evento específico, desconectado de outros fatos e não indicativo de um padrão. Lide com isso e estará dando passos importantes para progredir em sua vida.

3 – Reconheça que quando as coisas dão errado, geralmente foi por eventos externos. Diga a si mesmo: ?cada obstáculo que transponho me deixa mais forte?, e então volte a pensar em suas metas. Brian Tracy é um dos mais renomados palestrantes motivacionais internacionais. Visite o site: www.briantracy.com

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima