Você tem um plano de vida ou carreira?

Quer atingir o sucesso na sua carreira? Planeje-se e chegue lá Há algum tempo, fui desafiado por um amigo headhunter a fazer uma palestra para um grupo de profissionais que buscava recolocação no mercado. Perguntei a ele: ?O que um profissional de marketing poderá dizer a um grupo como esse??. Meu amigo foi lacônico: ?Se vira?.

Como sou do comércio, só enxergo produtos a serem vendidos, então pensei ?vou comparar essas pessoas com produtos a serem ofertados ao mercado, apenas assim poderei ajudá-las a refletirem sobre suas vidas e carreiras e descobrir por que ainda não conseguiram colocação?.

Uma comparação do tipo: sou um produto, estou na vitrine, como faço para que as empresas comprem meus serviços? A partir desse conceito, elaborei uma palestra abordando o profissional como algo que precisa estar sempre pronto para ser comprado ? é o que se chama de empregabilidade.

O trabalho recebeu o título ?E agora, o produto sou eu, como faço para me vender??. O que eu menos desejava era que a fala enveredasse pelo velho, ensebado e antiético assunto do marketing pessoal. Nada de truques de carreirismo ou modismos.

Pesquisas indicam que somente 3% das pessoas elaboram planos de carreira ou têm visão clara do que gostariam de fazer daqui a cinco ou dez anos. Ninguém se dá ao trabalho de colocar no papel um plano de carreira pessoal.

Não basta o diploma, você precisa saber o que vai fazer com sua profissão, onde quer chegar e que habilidades precisará desenvolver ao longo do tempo para isso. É preciso ?calendarizar? os sonhos, saber o que precisa ser feito e realizá-los etapa por etapa.

Planos de carreira em constante revisão ajudam o profissional a se manter na rota. Mas você poderia se perguntar: ?E se eu não sei o que quero fazer??. Um dos truques para descobrir o que realmente desejamos na vida é ter disposição para ouvir nossas mensagens interiores.

Pegue uma folha de papel e vá anotando tudo o que lhe vier à cabeça sobre o assunto. Depois de uma ou duas semanas, releia as percepções e corte as que realmente não gostar. Após alguns meses, refaça o exercício e reflita novamente sobre o assunto, pois nossos interesses mudam com o passar do tempo.

Muitas vezes, o belo cargo que tanto almejávamos já não é aquela maravilha que se pensava. Faça aquilo que gosta e aprenda a gostar do que tiver de fazer. E não faça nada só pelo dinheiro, pois ele sempre é conseqüência do que realizamos com amor e entusiasmo.

Quem tem de escolher e se ocupar com nossa carreira e plano de vida somos nós, não nossos pais ou direção da empresa. Em vez de ser ?planejado?, seja você o planejador do seu destino. E uma vez feito o plano, coloque-o em prática. Goethe já dizia: ?Seja lá o que você sonhar e quiser fazer, faça. O ato de começar a fazer traz poder e magia?.

Aprenda a fazer espelho, ou seja, escolha alguém que você admira muito por suas realizações profissionais e diga a si mesmo que um dia vai ser igual ou melhor que ele. Procure saber tudo sobre essa pessoa: como trabalha, quais são suas melhores qualidades, como administra a vida e carreira, que cursos realizou, etc.

Mas cuidado, pois esse indivíduo pode ser um excelente profissional e, ao mesmo tempo, ter um péssimo caráter. Espelhe-se apenas no que ele representa de bom, no que você admira e pode ser útil para sua carreira.

Ninguém precisa saber desse seu procedimento, é assunto íntimo, só seu. Com o tempo, perceberá que as metas atingidas, comparadas ao seu ?espelho?, não valem mais. Nessa altura, certamente você já deve ter ultrapassado, de longe, o profissional que um dia representou tanto para você. Então, é chegada a hora de escolher outro exemplo ? um novo e melhor ?espelho?.

É fundamental no desenvolvimento das nossas carreiras que escolhamos um mentor para nos orientar. Alguém da nossa admiração, uma pessoa mais velha, com muita experiência profissional e de vida, com quem possamos conversar de tempos em tempos e expor nossas dúvidas e angústias.

Ele nos dará conselhos, orientará quanto a passos e procedimentos mais adequados e indicará os melhores cursos a serem realizados e onde encontrá-los. O simples fato de dispor de alguém para conversar e expor dúvidas libera o pensamento e ajuda a tomar decisões mais acertadas.

Resumindo: independentemente de sua idade, comece a pensar em sua carreira ? sempre é tempo. Algumas das melhores obras humanas foram realizadas por pessoas que as começaram já maduras. E um plano de vôo sempre é bom para nos orientar num mundo cada vez mais competitivo. Sabendo para onde estamos indo, as correções de rota sempre indicarão o caminho certo.

Conteúdos Relacionados

Pin It on Pinterest

Rolar para cima