Afinal, você sabe ouvir?

Separe a emoção da razão durante a comunicação, saiba ouvir todas as pessoas e progrida. Muito se fala sobre escutar o cliente, pois ele é o consumidor. Escutando-o você poderá identificar necessidades e adequar produtos e serviços, estabelecendo uma relação de reciprocidade e, conseqüentemente, de fidelidade.

O escutar, além de identificar os desejos, necessidades e vontades do cliente, desenvolve a confiança em relação aos fornecedores e vice-versa.

Descobrir as razões que levaram o cliente a querer algo é fundamental no mundo dos negócios.

São inúmeros os ditados populares: o cliente tem sempre razão, escute o cliente e quem não é, transformando-o em cliente, manter o cliente é mais difícil que adquirir um novo.

O mesmo aplica-se aos clientes internos. Escutando-os, aceitando sugestões e aplicando-as, eles se sentirão mais comprometidos com a organização.

Na busca de um maior profissionalismo fazemos curso de como falar em público. Isso é importante, mas será que não precisamos aprender como escutar pessoas?

Alguns toques ? Nos programa de treinamento que realizamos estamos constantemente reforçando os seguintes comportamentos:

» Escute incondicionalmente, tendo como objetivo colher informações, idéias, sugestões, inicialmente sem analisar.

» Escute integralmente sem ficar pensando na resposta que você dará.

» Evite pré-julgamento, mantenha a mente aberta.

» Escute atentamente, busque um local distante de ruídos, de interrupções.

» Preste atenção na idéia, entenda a essência, deixando de lado a forma, o vocabulário.

» Escute identificando oportunidades, posteriormente trabalhe com a idéia.

» Busque identificar pontos em comum nas mais diversas idéias e interesses.

» Recapitule para ver se entendeu corretamente a mensagem.

» Separe a emoção da razão durante a comunicação.

» Propicie em canal aberto de comunicação, realmente escute e não somente ouça.
» Evite de início emitir sua opinião, principalmente se não concorda, pois poderá bloquear quem fala.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima