Concurso incentiva a leitura da revista entre os vendedores e ajuda a aumentar a produtividade

Concurso incentiva a leitura da revista entre os vendedores e ajuda a aumentar a produtividade Concurso incentiva a leitura da revista entre os vendedores e ajuda a aumentar a produtividade

Em 1954, Wilhelm Theodor Schürmann fundou a Schuermann, empresa que atendia os setores de autopostos e oficinas. Mas a história de sucesso dessa família poderia ter acabado já na década de 70, quando uma crise de petróleo afetou a economia mundial. Entretanto, Wilhelm percebeu que a luta não podia acabar e resolveu que a empresa precisava inovar para afastar a crise. Foi então que passou a vender acessórios e equipamentos industriais nos setores de lubrificação, hidráulica e pneumática, atendendo todo o sul do País.

Desde o fim dos anos 60, Wilhelm começou a ensinar ao filho Vilberto como funcionava a administração da empresa, mas foi na década de 80 que o herdeiro assumiu o comando da Schuermann. Então, nas mãos do novo administrador, a empresa não parou de crescer.

No ano de 1999, Vilberto fundou a Schuermann Máquinas e Equipamentos e a Schuermann Oficina de Serviços. Atualmente, a empresa conta com 51 funcionários e tem sede em Blumenau, SC.

Concurso ?Leia Mais, Venda Mais? ? Leitor fiel da revista VendaMais, há quase dez anos, Vilberto de Oliveira Schürmann percebeu que a leitura da revista poderia ajudar os vendedores da empresa a aumentarem a sua produtividade, pois, para ele, ?a revista tem artigos muito bons e de fácil entendimento.?

Em outubro de 2006, Vilberto e sua filha Gisele desenvolveram o concurso ?Leia Mais, Venda Mais?, em que os vendedores teriam de ler a revista VendaMais e, depois, mostrar o que tinham aprendido sobre os conteúdos lidos na edição do mês corrente. Eles desenvolveram um regulamento e o concurso teve início. Hoje, são 18 participantes ? entre vendedores internos e externos.

Segundo o regulamento, um vendedor seria sorteado a cada dois meses para responder alguns questionamentos de Vilberto e, de acordo com o que respondesse, marcaria alguns pontos em uma tabela de classificação. A idéia inicial era a de que o concurso teria a duração de um ano e que, no fim de cada semestre, o vendedor que atingisse o maior número de pontos ganharia um prêmio.

Vilberto tem duas assinaturas da VendaMais, mas para o bom funcionamento das atividades, passou a comprar cerca de dez exemplares por mês, os quais distribui entre os participantes. ?O interesse no concurso é tão grande que se há atrasos na entrega da edição do mês eles começam a me perguntar quando irão recebê-la?, conta, entusiasmado com o projeto.

Para Vilberto, o concurso só traz resultados positivos, pois incentiva a leitura e auxilia no desenvolvimento dos vendedores da empresa, fazendo com que os vendedores aperfeiçoem suas técnicas de abordagem aos clientes e no tratamento de objeções.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima