Por que franquia?

Um número gigantesco de pessoas se pergunta a todo instante: “ao abrir um negócio próprio é melhor optar por uma franquia ou construí-lo sozinho?”. Após uma rápida reflexão, vem a resposta incômoda: “depende”. Um número gigantesco de pessoas se pergunta a todo instante: “ao abrir um negócio próprio é melhor optar por uma franquia ou construí-lo sozinho?”. Após uma rápida reflexão, vem a resposta incômoda: “depende”.

Embora pareça, à primeira vista, uma resposta de alguém em cima do muro, é realmente a resposta mais apropriada. Afinal de contas, algumas variáveis devem ser analisadas, como ramo de atividade, formatação do negócio, profissionalismo do franqueador, margem envolvida, suporte oferecido e o próprio perfil do candidato a franqueado.

Uma franquia não é certeza de sucesso. Entretanto, vale frisar que o sistema de franquia permite pular etapas, o que proporciona uma enorme economia de tempo e dinheiro. Entendido isso, vamos em frente.

Acertadamente, uma das razões pelas quais as pessoas investem em uma franquia é porque crêem que o sistema desenvolvido pelo franqueador os ajudará a ser empresários de sucesso, pois há uma marca construída e nas lojas próprias já foram feitos os testes necessários, de produtos, materiais, layout, softwares de gestão, uniformes, enfim, de tudo que compõe o sistema operacional.

Para a abertura, pode haver o suporte para contratação e treinamento de mão-de-obra, a apresentação de um planograma e até a presença de um consultor da rede nos primeiros dias de operação. No dia-a-dia, o franqueador mantém uma equipe para estar pensando o sistema e fazendo os ajustes necessários, inclusive orientando os franqueados na gestão do negócio.

Esses detalhes são muito importantes e valorizados, pois muitos franqueados podem não ter experiência ou tino comercial, principalmente no início de uma empreitada. Nunca dirigiram um negócio e muito menos foram responsáveis pelo seu êxito. O franqueador e sua equipe estão prontos para ajudar no sucesso do negócio.

Vale frisar que o poder da franquia se realiza verdadeiramente quando todos os envolvidos, franqueadores, franqueados e seus empregados, trabalham em equipe com o objetivo comum de obtenção e fidelização de clientes. Todos se empenham para fortalecer ao máximo o tripé que sustenta uma franquia: a marca, o sistema operacional e os serviços de apoio constante, ou seja, promover, implementar e aproveitar, respectivamente, são direitos e deveres e a palavra-chave é comprometimento.

Além do já relatado, imagine os benefícios provenientes da troca de idéias e experiências com profissionais especializados e de um fundo de publicidade constituído por contribuições de todos os franqueados, que viabiliza, entre outros pontos, a propaganda da rede, campanhas promocionais e pesquisas de mercado. Iniciativas que, fora do sistema de franquia, poderiam ser demasiadamente onerosas, impedindo o próprio crescimento do negócio.

Continua na dúvida? Franquia ou não? Agora vem outra pergunta: “qual o custo de desenvolver o negócio sozinho?”. Na análise da opção de negócio é necessário que se verifique o que será adicionado a este negócio se estiver dentro de uma rede franqueada. “Sozinho, o faturamento ao final do primeiro ano, por exemplo, seria de R$ X. Estando-se em uma rede, qual seria o tamanho de X?” Enumerar os prós e os contras e quantificá-los é um bom método.

Ressalto que, para o benefício da rede e para proteção do investimento que fizeram o franqueador e os franqueados, deve haver um monitoramento constante, para que se tenha certeza de que todos estão atuando dentro dos padrões estabelecidos. É ilusão pensar que, ao entrar em uma rede franqueada, se será dono do próprio nariz. Não é assim. É como um clube: pagando-se pontualmente, é permitido usufruir das vantagens da estrutura. Seguindo-se os padrões de conduta do estatuto, tudo bem, caso contrário, irá se receber um convite para se retirar.

Uma das maiores vantagens de uma franquia é se fazer parte de uma rede com padrões bem definidos, em que o consumidor, quando entra no estabelecimento, conhece o ambiente e os produtos, algo que ele aprova e motivo que o faz retornar sempre. O sistema de franquia é um sucesso, e como diz o velho bordão: ” a união faz a força”.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima