SalesTech Brasil no Gramado Summit 2022

Na primeira semana de abril estivemos no Gramado Summit, evento de inovação e empreendedorismo, em Gramado-RS. O grande objetivo do evento é alavancar o ecossistema brasileiro com a concretização de negócios e conteúdo de qualidade.

Para isso, proporcionam aos empreendedores um networking de qualidade e a possibilidade de ampliar seus projetos através da negociação com novos clientes e investidores.

A feira teve 4 palcos: Palco Principal, Share, Um a Menos na Poupança e Hélice, com palestras simultâneas que contaram com mais de 140 grandes nomes do empreendedorismo, da comunicação, das finanças e da transformação digital. Houveram também diversos expositores, na sua maioria soluções tecnológicas que auxiliam as empresas a solucionarem seus desafios, com foco em otimização e gerenciamento. A possibilidade de networking, parcerias e novos negócios é infinita – se tem uma coisa que as pessoas dessas empresas sabem fazer bem é falar com paixão e acreditar nos seus produtos e serviços!

 

Aqui estão destaques de algumas palestras nos três dias de evento:

Destaques – Dia 1:

Joel Jota, ex-nadador da seleção brasileira, empresário e escritor best-seller, falou sobre os fundamentos da alta performance aplicados ao negócio.

Cristiano Santos, especialista em LinkedIn trouxe o tema LinkedIn de A a Z: Estratégias para geração de conteúdo, autoridade e negócios. O conteúdo dele é demais, sabe aquela pessoa que entrega tudo do primeiro ao último minuto? É ele! Além do conteúdo, a energia que ele transmite durante a fala é surreal.

Kim Farrell, diretora de marketing da América Latina e EUA do TikTok, falou no palco principal sobre Tiktok – o aplicativo do momento, a evolução do consumo de conteúdo, redes sociais e marketing de influência, Ela trouxe conceitos como the gold fish effect, personalização, remix, autenticidade, web 3.0 entre várias outras coisas. Uma palestra de 20 minutos que poderia facilmente se desenrolar por umas duas horas!

Também no palco principal Núbia Mota, head de growth marketing da Adobe trouxe o tema: 2022 top marketing trends. Foi mais uma palestra incrível que transitou entre metaverso, NFT’s, também web 3.0 e as diversas maneiras de vender e transformá-las em experiência.

Carlos Busch, sócio do Grupo PRIMO, que trouxe um conteúdo poderoso com o título: Fuja da média! Ele contou a sua história de vida e deu conselhos valiosos pra quem quer se destacar e fazer diferente. Falou sobre o protagonismo em vendas e destacou 4 pontos essenciais: contexto, propósito, experiência e diferenciação.

Marcelo Pacheco, vice presidente de vendas e inovação da WarnerMedia falou sobre como inovar em empresas estabelecidas. Ele trouxe conceitos como VUCA X BANI – mundo antes e pós pandemia – informação e controle x conhecimento e conexão e também como usar os fluxos de conhecimento internos e externos para acelerar a inovação com a inovação aberta.

Destaques – Dia 2:

O destaque do dia começa com Osmar André Mezetti Pedrozo, CEO da SoftDesign. No palco principal ele falou sobre design, agilidade e tecnologia para negócios digitais. O papel do design como redutor de riscos, como aplicar a adaptabilidade e utilizar a tecnologia como um meio para entregar um serviço ou modelo de negócio diferenciado.

No palco Share, Luiz Telles diretor nacional de storytelling e inovação da Artplan apresentou um conteúdo genial sobre storytelling no metaverso: novos desafios ao contar histórias. Seu discurso diferenciando hype e realidade trouxe esclarecimento sobre o que realmente é o Metaverso – ou melhor, oS metaversoS – quais experiências já estão acontecendo e como adaptar a linguagem de storytelling. Luiz apresentou um material impecável, extremamente didático, um papo que renderia muito além dos seus 30 minutos de apresentação.

Thiago Concer, fundador do Sales Clube e do movimento #OrgulhodeSerVendedor veio com toda a sua energia e carisma envolver o palco principal para explicar porque as vendas não ocorrem por acaso e a importância de se investir no departamento comercial. Apresentou conceitos como a matriz preço x complexidade, investimento em sales ops, sales enablement, gestão por exceção e vários tópicos muito importantes. Thiago deixou um recado claro: as empresas precisam de gestores-líderes que entendem de números (indicadores) e também de gente. A fala do Thiago deixou a plateia fascinada, com aquele famoso gostinho de quero mais!

Outro super destaque deste dia foi a Patricia Brazil fundadora do Ela Sonha Ela Faz que falou sobre o tema: “Dubai, web 3.0 e o futuro do seu negócio”. Patricia surpreendeu a todos ao iniciar a palestra sendo apresentada pelo seu próprio avatar do Metaverso, a [email protected] Com o nível de conteúdo lá em cima, Patricia narrou um pouco da sua trajetória e experiências com a Expo 2020, como Dubai é o metaverso do mundo real e porque ela investiu neste mercado. Ela também falou sobre a web 3.0, descentralização de dados e foco no usuário com a web semântica e onipresença. Para ela a chave que abre a porta para o futuro está no foco nestes cinco itens para o seu negócio: comunidade, segmentação, engajamento, propósito e sentimento. Mais uma super palestra que durou menos do que o público gostaria!

Destaques – Dia 3:

Iniciando com Felipe Siqueira Co-fundador da Oficina que falou sobre DNGB (Digital native growth brands), empresas que começam no ambiente digital e que na sua maioria se expandem para o físico. Com a paixão pelas suas marcas ele contou sobre a história da cada uma delas e como aplicam a tecnologia embarcada em loja. Felipe diz: “A gente não precisa só de um bom produto para vender, precisamos olhar para o cliente em primeiro lugar, criar experiência – algo que ele não espera. Ele também falou sobre como praticam os conceitos de branding awareness & comunidade, digital performance, omnichannel, customer experience nas empresas e como essas práticas impactam no LTV/CAC, lucratividade, ROAS, retenção e valuation das marcas. Foi uma palestra rica transmitida com muita leveza.

Em seguida, também no palco principal, tivemos o privilégio de ouvir a história de vida do Pedro Janot, Conselheiro e Sócio no Grupo Solum e uma extensa carreira em outras grandes corporações. Com o tema “A vida é o que você faz com ela” título do seu último livro, Pedro deu um show de resiliência ao falar sobre toda a sua trajetória de sucesso como gestor, deu dicas valiosas sobre adaptabilidade, desenvolvimento e aprimoramento de aprendizados. Uma fala emocionante e inspiradora!

Alfredo Soares, presidente na Loja Integrada e fundador da G4 Educação falou sobre a sua aposta para o futuro das vendas: Personalização – Como utilizar tecnologia para contextualizar a forma de vender, a importância da identidade de marca e entender que a jornada do negócio é feita a partir do comportamento do cliente. Um conselho do Alfredo: Cada dia mais, a venda vai se tornar alinhamento de interesse e gestão de expetativa do cliente. Não adianta ter somente estratégia de venda, o negócio tem que construir audiência, reputação, engajamento com o público. Qual o nível de valor que você cria pra sua base? Pare de falar sobre o seu produto, fale sobre o que interessa para a audiência!

Outra história de vida incrível foi contada pela Veronica Oliveira fundadora do Faxina Boa. Ela é mãe de 3 filhos, ex-faxineira, produtora de conteúdo, escritora e palestrante. Começou no Facebook falando sobre como ela gostava do trabalho, após uma aparição na tv se deparou com um grande público e neste primeiro dia fechou 60 faxinas. Nas redes sociais Veronica fala sobre o dia a dia, escreve crônicas, compartilha playlists mas também fala dos perrengues que uma faxineira enfrenta. Hoje ela tem uma comunidade engajada, que se identifica com a realidade que ela transmite. Seu projeto tem o objetivo de alcançar maior visibilidade e voz para profissionais que realizam serviços historicamente considerados inferiores, em especial o serviço de limpeza residencial, através de sua experiência pessoal de superação e crescimento.

Neste evento diversas palestras trouxeram o tema web 3.0. A Ana Eliza Faria e Silva, senior regulatory manager na Globo, falou sobre a TV 3.0 e como ela terá fluidez, integração, qualidade e melhor distribuição. A personalização de conteúdo vai ser o foco e vai acompanhar o cliente pelo perfil e não pela grade determinada. Tecnologias da tv 3.0 permitirão a construção de ecossistemas de mídia com menos fricção, tornando possível a implementação da shoppable tv, o cliente compra na mesma tela com identificador de itens o que torna o consumo de dados muito mais interessante, potente e relevante.

No palco Share Felipe Spina, Co-fundador e CEO no Maestro ABM falou sobre ABM (account based marketing) na prática. Trouxe conceitos importantes sobre alinhamento de marketing e vendas, orquestração: identificar contas, criar listas, criar conteúdo, lançar campanhas e mensurar, definição de ICP e muitas dicas sobre como implementar estas ações nas empresas, com exemplos e casos de sucessos de seus clientes.

Voltando ao palco principal, Helena Bertho head global de diversidade e inclusão do Nubank chegou literalmente com os pés na porta para falar sobre inovação. Com uma palestra que trouxe dados realistas e inquietantes ela questionou sobre como e para quem estamos pensando em inovar. Helena trouxe a melhor pergunta destes 3 dias de evento: Quem está na sala quando codamos o futuro? Valioso momento em que ela trás a reflexão sobre quem é impactado quando falamos sobre inovação e pra quem realmente trás benefícios. A fala da Helena foi cirúrgica e extremamente importante, trouxe questões sérias e renderia mais algumas boas horas de aprendizado!

Por último tivemos o prazer de participar da palestra do Luiz Pondé, filósofo, professor, escritor e palestrante que falou sobre o mundo virtual e suas consequências na vida real hoje e no futuro. Como as redes sociais tem causado ansiedade nas novas gerações.
Pondé pontua que um dos grandes problemas do mundo que a gente vive é essa sensação de ter que agradar todo mundo o tempo todo, nas redes sociais isso é métrica – o famoso caráter ansiogênico das redes sociais – os números basicamente dizem o quanto você é amado e o quando você não é.
Como esse cenário tem se tornado mais agressivamente competitivo, pessoas sendo pressionadas por uma hiperprodução, gerando desequilíbrio do humor e ambiguidade. Hoje a sociedade está baseada no projeto de controle de variáveis para entregar resultados, métricas, metas. Isso trás consequência principalmente para os jovens que se sentem mais inseguros, vulneráveis, tensos e apresentam dificuldades identitárias e não conseguem e não aprenderam a lidar com a ambivalência, a montanha russa da vida. Pondé apresentou estas reflexões de maneira sensível e levou toda a plateia a repensar alguns hábitos.

Estes são alguns dos diversos conteúdos dos 3 dias de evento. Se você busca por uma injeção de tendências e muita energia em para a construção do futuro vale a pena participar deste evento, que também oferece muita interação e conexão entre empresas e pessoas em um ambiente totalmente colaborativo imerso em inovação e tecnologia!

Para saber mais acesse: https://gramadosummit.com/  – Fotos/reprodução

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima