Um tratado sobre ética para vendedores

Um tratado sobre ética para vendedores Certa vez, ouvi um diretor-financeiro dizer que custo é como unha, se você não cortar, ele cresce a acaba consumindo sua empresa. Tomo a liberdade de traçar um paralelo e dizer que a ética na equipe de vendas tem a mesma lógica. Se você não lembrar sempre desse assunto, os deslizes naturais acabam se tornando grandes e a falta de ética pode consumir sua estrutura. Sabemos também que, para manter bons clientes, precisamos ser transparentes, por isso ter ética, mais que um simples conceito, é uma opção de curto, médio e principalmente, longo prazo.

1. Não fale mal da empresa em que trabalha. Isso é fazer como um marinheiro que atira contra o casco do próprio navio.

2. Se você não gosta de ser controlado, controle-se. Gerente e supervisor deveriam existir para motivar, auxiliar na estratégia e ajudar o vendedor a obter sucesso. Não para ficar controlando. O problema é que hoje, mais da metade do tempo de um gerente é gasto controlando o vendedor. Mude esse ciclo, comece por você.

3. Nunca fale mal de ninguém pelas costas. Esse é o maior desafio, sempre, ou quase sempre, pessoas que não estão presente são criticadas em reuniões ou no dia-a-dia de trabalho. Isso é a maior covardia. Opte por conversas francas frente a frente.

4. Olhe menos para os erros dos outros e mais para os seus. A melhoria das empresas conseguiria obter rapidamente o sucesso se cada um avaliasse os próprios pontos positivos e negativos em vez de colocar a culpa nos outros. Isso não significa cegar-se perante os erros dos outros, mas sim fazer críticas construtivas.

5. Pense três vezes antes de um desabafo. As palavras que proferimos jamais voltarão para nossa boca e a leitura que as pessoas fazem delas pode não ser a mesma intenção que você teve ao proferi-las.

6. Faça a sua parte. Não fique esperando retribuição a curto prazo quando você tiver de fazer a sua parte. Sempre existirão aqueles dias em que você terá de levar seu departamento, seu supervisor e, até mesmo, sua empresa nas costas. Quando isso acontecer faça, simplesmente faça. Porque quando você precisar, alguém fará isso por você. E sempre existirá alguém para carregar você nas costas também e, se não fizer, você ficará com um crédito com a vida, que certamente lhe retribuirá.

7. Na hora da venda, exalte os pontos fortes do seu produto e até mesmo os seus, mas fique restrito aquilo que você e seu produto podem realmente cumprir. Ou seja, sem mentiras.

8. Somente prometa o que você pode cumprir.

9. Não roube vendas ou clientes de seus companheiros de trabalho.

10. Trate seu cliente como você gostaria de ser tratado. Afinal de contas, todos somos clientes. Não faça para os outros aquilo que não gostaria que fizessem para você.

11. Jamais critique seu concorrente. Pode exaltar seus pontos fortes em relação a ele, mas simplesmente criticá-lo é uma atitude covarde, pois, provavelmente ele não estará presente para se defender.

No curto prazo, tenho certeza que adotar uma dessas atitudes pode parecer rentável, mas garanto para você que a longo prazo você ganhará muito mais se adotar uma postura ética. Pense nisso.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima