Vestida para vender

Assim como a sensual e irresistível dama de vermelho desvia a atenção de Neo, vivido por Keanu Reeves em Matrix, algumas lojas enchem nossos olhos, quando passam por nós enquanto outras, simplesmente, não. Porque será que apenas algumas lojas se destacam no cenário. Assim como a sensual e irresistível dama de vermelho desvia a atenção de Neo, vivido por Keanu Reeves em Matrix, algumas lojas enchem nossos olhos, quando passam por nós enquanto outras, simplesmente, não. Porque será que apenas algumas lojas se destacam no cenário, chamam nossa atenção e ficam guardadas em nossa memória e a grande maioria delas, se não são instantaneamente desapercebidas, são fortes candidatas a serem esquecidas na quadra seguinte?

Quem já viu as inacreditáveis transformações que programas de TV realizam com jovens “casualmente” escolhidas da platéia, sabe o poder que a imbatível comparação entre o antes e o depois tem. Mesmo parecendo truque de computador, é mostrado que as mulheres quando desejam ou necessitam, devem saber se arrumar para que despertem atenção e assim conquistem ou mantenham seus príncipes encantados.

Assim como uma mulher, uma loja, para que mantenha viva a chama da atração e da fidelidade, tanto de antigos como de novos clientes, deve se apresentar, sempre arrumada, de uma forma especial e provocante, para que, chamando a atenção, mantenha seu affair com o seu público alvo. É preciso que ela seja especial, diferente, que saia do lugar-comum e principalmente, conte uma história.

Começando por baixo, o piso da loja, assim como um belo par de sapatos de salto alto, deve deixá-la ainda mais elegante, mais presente sem deixar de lado a praticidade. A fachada, funcionando como um vestido bem cortado, que através de um bom caimento destaca o corpo, deve apenas sugerir, salientando o que ela tem de melhor e ocultando indesejáveis imperfeições.

Para que conquiste o público, cada vez mais segmentado e exigente dos nossos dias, é preciso que a loja tenha um design que transmita um conceito, fazendo com que as pessoas viajem ao vê-la. A entrada de uma loja deve proporcionar a mesma experiência de ver os olhos faiscantes de uma mulher misteriosa que convida os clientes a entrarem, através da mágica do primeiro cruzar de olhares. Cada detalhe da loja deve transmitir, pelo toque, pelo aroma, pelas cores e pelo brilho, informações e sentimentos à flor da pele.

As pessoas buscam a realização de seus sonhos através das compras. É fundamental, que se dê a elas a oportunidade para sonhar e vivenciar experiências. Para que seja encantadora, uma loja, assim como uma mulher, deve portanto, estar envolta em uma nuvem de magia e sedução. Dentro deste pensamento não se estará apenas vendendo produtos, serviços e marcas, mas acima de tudo, uma história de amor.

Conteúdos Relacionados

Rolar para cima